Cinema

"No próximo teremos Angelina", brinca Paulo Gustavo em pré-estreia de filme

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

Paulo Gustavo estava emocionado na estreia de “Minha Mãe é Uma Peça – O Filme”, na noite desta segunda-feira (10), no Shopping Eldorado, em São Paulo. O longa é uma adaptação da peça homônima escrita e estrelada pelo ator, que ficou em cartaz por sete anos no Brasil. Na esperança de o filme ser um sucesso, o ator já adiantou que poderá ter sequência. “Se bombar, podemos até ter a Angelina Jolie no segundo, quem sabe”, brincou.

Trailer de "Minha Mãe é Uma Peça"

O evento contou com parte do elenco formado Mônica Martelli, Mariana Xavier e Rodrigo Pandolfo, do diretor André Pellez e da produtora Iafa Britz. As atrizes Ingrid Guimarães e Samantha Schmutz, que também estão no longa, não compareceram. Os atores Thiago Abravanel e Paloma Bernardi prestigiaram a pré-estreia. “Minha Mãe é Uma Peça –  O Filme” conta a história de Dona Hermínia, aposentada e sozinha que só se preocupa em cuidar dos três filhos. Em determinado dia, ela ouve um deles dizer que preferia morar com o pai e a madrasta, o que a deixa arrasada. Dona Hermínia resolve sair de casa e passar alguns dias na casa de uma tia.

Paulo Gustavo contou que a ideia de adaptar o espetáculo para as telonas surgiu quando ele foi assistir ao filme "Divã", de adaptação do livro homônimo da escritora Martha Medeiros e estrelado por Lilian Cabral. “Na hora eu pensei que o meu espetáculo também poderia estar no cinema e batalhamos por isso. É diferente porque no teatro é monólogo e no cinema meus personagens ganharam vida. E elenco é formado pelos meus amigos e foi maravilhoso”, afirmou o ator, que brincou: “de tanto que interpreto a Dona Hermínia, as pessoas até me ligaram no Dia das Mães me dando parabéns”.

O longa demorou um ano para ser produzido e as filmagens ocorreram em cinco semanas. Luana Piovani chegou a ser convidada, mas como a participação dela era pequena, Paulo Gustavo afirmou que não seria justo com a atriz. “A Luana é estrela e não merecia ter uma pequena participação, o público ia querer vê-la mais. Mas com certeza, no segundo ela vai estar”, contou o ator, que adiantou que as gravações da sequência poderão ocorrer no ano que vem.

O ator Rodrigo Pandolfo interpreta o filho que fala mal da mãe. Para ele, trabalhar com Paulo Gustavo é se divertir o tempo todo. “Eu o conheço há muitos anos, nós fizemos a CAL [Casa das Artes de Laranjeiras] e acompanhei o sucesso da peça. Sempre nos falamos e ele me convidou para atuar no filme. O Paulo é uma figura, está sempre de bom humor. Espero que o público curta muito”, espera Rodrigo, que também está no elenco do filme “Faroeste Caboclo”, em cartaz, e na série “A Menina Sem Qualidades”, exibida na MTV.

Mônica Martelli faz uma participação especial em “Minha Mãe é uma Peça – O Filme”. “Não tinha papel pra mim e me arrumaram um personagem”, brincou. “Mas eu e o Paulo somos muito amigos e ele vai estar no meu filme “Os Homens são de Marte e é pra lá que eu vou”, que começa a ser rodado em outubro”, adiantou. O longa também é uma adaptação do monólogo protagonizado pela atriz e que está em cartaz há sete anos. Além do filme, a peça vai virar seriado e será exibido pelo GNT a partir de agosto. A atriz também está na atual temporada do programa “Saia Justa”, do mesmo canal.

Veja trechos e bastidores do filme "Minha Mãe é Uma Peça"

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo