Cinema

Carey Mulligan recusa oferta para viver Hillary Clinton no cinema, diz site

AFP/EFE
Hillary Clinton pode ser interpretada nos cinemas por Carey Mulligan imagem: AFP/EFE

Do UOL, em São Paulo

Estrela de "O Grande Gatsby", a atriz Carey Mulligan, apontada como a principal candidata a viver Hillary Clinton no cinema, recusou o trabalho alegando não estar preparada para se comprometer com o papel neste momento. As informações são do site The Hollywood Reporter.

O drama indie "Rodham", nome do meio da ex-Secretária de Estado e ex-Primeira Dama dos Estados Unidos, retrata o auge do escândalo de Watergate quando Hillary foi a mais jovem advogada escolhida para acusar Nixon. Logo ela se vê forçada a escolher entre um caminho para a Casa Branca e o seus sentimentos não resolvidos por Bill Clinton, seu ex-namorado.

O roteiro do filme, escrito por Young-il Kim, vazou no mês passado e apresenta alguns momentos surprreendentes, incluindo passagens em que Hillary e Bill "devoram um ao outro". No entanto, o roteirista disse que o filme não será um pornô soft. "Eu não escrevi '50 Tons de Rodham', como alguns veículos estão sugerindo. Eu fico entediado com a imaginação pequena".

Outras atrizes já haviam sido apontadas como candidatas ao papel, como Reese Witherspoon, Jessica Chastain e Amanda Seyfried. De acordo com fontes próximas à produção, esses nomes ainda estão sendo analisados.

Com direção de James Ponsoldt, o filme está previsto para estrear em 2016, ano em que Hillary pode se candidatar à Presidência dos Estados Unidos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo