Filmes e séries

Ator que interpreta Super-Homem diz que era chamado de gordo na escola

Do UOL, em São Paulo

16/06/2013 23h01

Com o corpo cheio de músculos e sarado, o ator britânico Henry Cavill é o novo Super-Homem no longa-metragem “O Homem de Aço”, que estreia no dia 12 de julho, no Brasil. Quem o vê hoje, não imagina que quando criança sofria bullying no colégio e era chamado de gordo.

“Ficava chateado, mas no fundo não ligava e pensava: ‘Se esses garotos não são legais comigo, não tem um porque eu ser amigo deles’”, disse ele em entrevista ao “Fantástico” neste domingo (16).  

Para ficar com o porte físico do super-heroi, o ator se submeteu a um treinamento pesado de cinco meses para ganhar massa muscular e consumiu cerca de cinco mil calorias por dia.

Mesmo fazendo "The Tudors" e "Immortals", Henry é um ator novo e ainda pouco conhecido do público brasileiro. Segundo ele, a pressão por ser o novo Superman não o incomoda. O ator diz que já sabe que será “eternamente chamado de Superman”.  “Eu sabia dessa pressão desde o inicio desde que fiz os testes para o personagem. E estava disposto a passar por isso”.

Ainda na reportagem o ator Russell Crowe, que irá interpretar o pai do Superman, disse que conheceu Henry Cavill ainda adolescente. “Eu estava na Inglaterra e ele era figurante. Ele me perguntou como era ser ator”, contou Crowe.  E acrescentou: “Hoje sou o pai dele no filme”.

"Superman - O Homem de Aço" terminou este fim de semana de estreia norte-americana com arrecadação de US$ $125.1 milhões. O filme é a segunda superprodução com CGI do verão americano, depois do sucesso de "Homem de Ferro 3", e em meio a rumores de uma sequência de "Os Vingadores", o terceiro filme de maior bilheteria da história.

A franquia Superman promete voltar para ficar. Na verdade, Cavill assinou um contrato que determina que ele pode ser chamado para protagonizar outros dois longas da saga. "Pelo que sei, não há nada planejado até agora... mas o tempo dirá", disse o galã. "Se eu gostaria de fazer outro filme? Sim, gostaria muito. Acho que seria muito divertido continuar contando esta história", acrescentou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
Da Redação
EFE
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
EFE
do UOL
EFE
do UOL
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
Comportamento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo