Cinema

"Universidade Monstros" se mantém no 1º lugar das bilheterias americanas

Do UOL, em São Paulo

"Universidade Monstros" se manteve no primeiro lugar das bilheterias americanas, arrecadando US$ 46,2 milhões. A animação da Disney/Pixar já faturou US$ 300 milhões ao redor do mundo. As informações são do site "The Hollywood Reporter".

"O Homem de Aço" ficou com o quinto lugar, faturando US$ 20,8 milhões. O novo longa do super herói já passou dos US$500 milhões nas bilheterias ao redor do mundo. 

A comédia "As Bem-Armadas", com Melissa McCarthy e Sandra Bullock ficou com o segundo lugar, com US$ 40 milhões e surpreendeu os sites especializados com o sucesso.

Em "As Bem-Armadas", duas policiais ficam encarregadas de encontrar um gângster russo, mas usam abordagens muito diferentes: a agente do FBI (vivida por Sandra Bullock) é rígida, enquanto a policial de Boston (McCarthy), usa métodos pouco ortodoxos.

"Posicionamos este filme como o filme feminino filme deste verão, e funcionou. Isso foi todo o impulso da campanha de marketing, mas devido à popularidade das estrelas e da qualidade do roteiro, os homens também foram assistir", disse Chris Aronson, presidente de distribuição da Fox.

"Guerra Mundial Z" ficou com o terceiro lugar, com US$ 29,8 milhões. O filme, o mais recente de Brad Pitt, se aproxima dos US$ 200 milhões de em bilheterias ao redor do mundo.

Veja o trailer de "O Ataque"

O novo filme de Channing Tatum e Jamie Foxx, "O Ataque", ficou com o quarto lugar, faturando US$ 25,7 milhões. O longa, que custou US$ 150 milhões à Sony Pictures,  foi uma grande decepção para o estúdio e é o segundo fracasso nas bilheterias este ano. O outro filme de fraco desempenho é "Depois da Terra", com Will Smith.

"O Ataque" ganhou nota A+ no site CinemaScore, que contabiliza as notas dos espectadores.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo