Filmes e séries

Filme sobre tornado de tubarões vira hit na internet

Reprodução
"Sharknado" mostra um tornado de tubarões Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

12/07/2013 12h50

Filmes sobre furacão? É para os fracos. "Disaster movie" mesmo é um longa sobre um tornado repleto de tubarões. Essa é a sinopse real de “Sharknado”, filme que foi ao ar na noite desta quinta-feira (11) pela SyFy – emissora norte-americana com programação voltada para a ficção-científica, terror e fantasia.

Mistura de “Twister” com “Tubarão”, em um nível absurdo de incoerência e com uma aura de filme B, “Sharknado” devastou, também, o Twitter. De acordo com o site “Trendrr”, foram 5 mil tweets sobre o filme por minuto. Mobilização de causar inveja a qualquer blockbuster – embora a audiência na TV não tenha seguido a quantidade de compartilhamentos que o pôster e o trailer do filme receberam durante a semana. Não há informação sobre a exibição do filme em outros países.



No entanto, pelas mensagens, a imagem de um personagem usando uma serra-elétrica para se defender dos tubarões já virou um clássico. Mesmo que da tosquice. “Amanhã vou conseguir uma serra-elétrica”, disse a atriz Mia Farrow, de filmes como “A Rosa Púrpura do Cairo” e “O Bebê de Rosemary”, que disse ter acompanhado o telefilme.

Pelo menos uma fatia grossa de profissionais de Hollywood pararam para assistir ao bizarro filme. O roteirista de “Lost” e “Prometheus”, Damon Lindelof, entrou na brincadeira: “Eu vou escrever a sequência de ‘Sharknado’ e eu vou fazer isso antes de ‘Sharknado’ acabar”, escreveu na noite de ontem.

Tara Reid, do filme “American Pie” e da série “Beverly Hills”, é a estrela do elenco. Pouco antes de o filme estrear, ela comentou: “Deve ser melhor ainda que o ‘Serpentes a Bordo’. Eu espero que vocês se divirtam tanto quanto eu”.

Em entrevista ao site “io9”, o roteirista de “Sharknado”, Thunder Levin, contestou quem levou a história como piada. “Existem inúmeros relatos confirmados de peixes que caem do céu, às vezes até mesmo em um dia claro e ensolarado. Nós só levamos isso ao extremo do ‘lógico’”, disse.

Thunder rebate também as críticas de quem levou o filme a sério e questionou o fato dos tubarões comerem pessoas fora da água. “Se você fosse um tubarão e se encontrasse voando pelo ar, você não iria continuar a morder? Honestamente, eu não entendo por que as pessoas estão tão perplexos com este conceito. A lógica é inegável”.

Ele conta que foi convidado pela Asylum (produtora do filme) para dirigir um filme sobre tubarões e tempestade. “Perguntei se seria um filme mais certinho sobre tubarões que atacam durante uma tempestade ou uma tempestade louca formada por tubarões. Eles disseram que era o certinho. Recusei porque senti que já tinha visto filmes sobre tubarões e tempestades o suficiente”, contou. Um mês depois, a produtora voltou com a ideia mirabolante.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
AFP
do UOL
do UOL
Reuters
Reuters
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
redetv
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
Cinebiografia a caminho
Reuters
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
Roberto Sadovski
redetv
redetv
do UOL
EFE
EFE
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
EFE
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
redetv
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo