Filmes e séries

"Wolverine - Imortal" estreia no topo da bilheteria dos EUA, mas renda é menor do que o esperado

Do UOL, em São Paulo

28/07/2013 13h13

O filme "Wolverine - Imortal" dominou as bilheterias dos Estados Unidos durante o fim de semana, com bilheteria estimada de US$ 55 milhões.

A arrecadação do novo filme do herói estrelado por Hugh Jackman, porém, foi menor do que o esperado pela Fox – e não chegou perto dos US$ 85 milhões nos três primeiros dias de "X-Men Origens: Wolverine", em 2009.
 
Segundo o site da revista "Variety", as previsões menos otimistas esperavam pelo menos mais US$ 10 milhões no primeiro fim de semana do filme no mercado local.
 
Com estreia em 126 países – em todos os principais mercados, includindo o Brasil e exceto Japão e China –, o filme teve bilheteria estimada em US$ 86 milhões no exterior, a melhor abertura de um filme X-Men fora dos Estados Unidos. No total, o longa, que custou US$ 120 milhões, já arrecadou mais de US$ 141 milhões pelo mundo.
 
De acordo com informações do site The Wrap, o líder do fim de semana passado, “Invocação do Mal”, ficou com o segundo lugar, com renda de US$ 22 milhões, segundo pelas animações “Meu Malvado Favorito 2”, com US$ 16 milhões, e “Turbo”, com US$ 13,5 milhões. “Gente Grande 2”, com Adam Sandler e Chris Rock, aparece na sequência, com US$ 11,5 milhões, e “Red 2: Aposentados e Ainda Mais Perigosos” com US$ 9,4 milhões.

JACKMAN E MANGOLD COMENTAM O FILME

 

A trama
Atordoado pelo passado e considerando sua imortalidade como um fardo, Wolverine descobre, aos poucos, um sentido para seguir batalhando. Com cabelo comprido, maltrapilho e desesperançoso, o personagem vagueia sem um objetivo e sofre com pesadelos sobre eventos que já viveu -- como quando ajudou um jovem soldado a sobreviver ao bombardeio de Nagazaki durante a Segunda Guerra Mundial.
 
A mente do protagonista também recebe a visita constante da memória de Jean Grey (Famke Janssen), que se torna cada vez mais uma musa para o herói, mas que nem sempre inspira bons pensamentos. Como uma válvula de escape para seus demônios, Wolverine ruma para o Japão, em episódio descrito nos quadrinhos de Frank Miller e Chris Claremont lançado em 1982. Na cronologia da série, o herói está em um momento pouco posterior aos descritos no filme "X-Men: O Confronto Final".
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

UOL Cinema - Imagens
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo