Cinema

"Dieta do Wolverine" pode trazer danos à saúde, dizem especialistas

Mariane Zendron

Do UOL, em São Paulo

Hugh Jackman não poupa esforços para dar vida ao mutante Wolverine, e ele já fez isso sete vezes. Em entrevistas recentes, o ator revelou alguns segredos para alcançar a forma física que vem impressionando fãs desde os anos 2000. Antes que você pegue papel e caneta para começar já a seguir as dicas de “sucesso” do ator, o UOL ouviu alguns especialistas que falaram sobre os riscos de querer se parecer com o fortão cheio de garras.

A cada vez que encarna um dos personagens mais amados do “X-Men”, o ator engorda 11 quilos (subindo de 84 para 95 quilos), entra numa dieta de seis mil calorias com direito a uma dúzia de ovos e enfrenta três horas diárias de exercício físico. Durante a malhação, ele puxa cerca de 160 quilos. Esse corpo sarado, com músculos grandes, delineados e veias saltadas, pode ser visto mais uma vez nas telonas. "Wolverine – Imortal”, segundo filme solo do personagem, estreou nos cinemas nesta sexta-feira (25).

Trailer legendado de "Wolverine - Imortal"

Em 2011, quando estava se preparando para o filme, Jackman disse que o então diretor Darren Aronofsky (mais tarde substituído por James Mangold) pediu para que ele ficasse mais forte. Como Jackman tem 1,88, 18 centímetros a mais que o personagem dos quadrinhos, o diretor disse que ele se parecia mais com Clint Eastwood do que com o mutante. “Ele disse que o Wolverine, nos quadrinhos, é forte, atarracado, baixinho e largo. Então ele quer que eu fique maior", contou o ator.

A um jornal britânico, o ator australiano contou que nunca entendeu por que pessoas puxam ferro. “Eu achava que esses caras que malham muito são idiotas. Em qual situação você precisa puxar 160 quilos? Eu nunca entendi esse vício. É somente doloroso, mas é o que eu faço para me tornar o Wolverine”. Na mesma entrevista, o ator disse que teme um ataque cardíaco. “Não é bom ingerir 6 mil calorias todos os dias”, concluiu ele.

Riscos em querer ser Wolverine
Ao UOL, o consultor de fitness Walter Abreu afirmou que é muito difícil ganhar tanta massa muscular em tão pouco tempo, principalmente no caso do ator, que já é uma pessoa ativa. "Seria mais fácil ganhar essa quantidade de massa se ele fosse sedentário". Por isso, Abreu acredita que o ator use anabolizantes para chegar à forma desejada. “O uso de hormônios é muito comum entre pessoas que dependem do físico para ganhar a vida, como é o caso dele”, disse Abreu, que alertou que o uso dessas substâncias pode trazer danos ao fígado, rins e risco de câncer.

Abreu também afirmou que o medo do ator de ter um ataque cardíaco na tentativa de parecer o Mike Tyson é real porque de uma hora para outra o coração tem que lidar com grande quantidade de massa muscular nova, que exige maior quantidade de nutrientes e circulação sanguínea.

Tanto para Abreu como para o personal trainer Fernando Borini, também ouvido pelo UOL, é possível ter o corpo do Wolverine de maneira saudável, mas com altas doses de dedicação e paciência. “É difícil falar em quanto tempo é possível ficar com o corpo como o dele, mas é possível ver uma transformação em alguns meses com acompanhamento profissional para exercícios e para uma alimentação correta”, disse Borini, que também é campeão paulista de fisiculturismo.

Em época de competições, o nadador Cesar Cielo tem uma dieta parecida com a de Hugh Jackman. O atleta consome de seis a oito mil calorias, com omelete de seis ovos e muita carne magra. No entanto, ter vida de atleta não é sinônimo de saúde, de acordo com os especialistas. Segundo Abreu, muitos associam a rotina de atletas a estilo de vida saudável, o que é um equívoco. Para ele, assim como o ator, atletas de elite também dependem dos resultados de seus corpos. “O atleta precisa do resultado a qualquer custo. Por isso muitos fazem coisas que colocam a saúde em risco”, disse.

Sacrifício pela arte

Assim como Jackman, outros atores já tiveram que sacrificar os corpos em nome da arte. A já magra Natalie Portman teve que emagrecer 10 quilos para dar vida à bailarina profissional Nina, de “Cisne Negro”. Além de se submeter a um rígido treinamento de balé, a atriz enfrentou treinos pesados de natação e uma dieta rigorosa, à base de muita proteína e quase nenhuma gordura.

Christian Bale passou não por uma, mas por duas transformações radicais. Em 2004, o galã emagreceu 28 quilos para viver um funcionário que sofre de insônia em “O Operário”. Seis meses depois, ele foi escalado para ser o Batman no primeiro filme da trilogia de Christopher Nolan, “Batman Begins”. Devido à magreza, ele teve que malhar muito para chegar ao porte físico do herói.

Mesmo passando por tantos sacrifícios, Hugh Jackman quer voltar a ser Wolverine e chegou a dizer recentemente que adoraria exibir suas garras de adamantium em “Os Vingadores 2”.  O único detalhe é que tanto os filmes dos X-Men quanto as incursões solo de Wolverine nas telas são propriedade da 20th Century Fox, concorrente do estúdio de "Os Vingadores".  Jackman, no entanto, está otimista. "Acho impossível que não haja uma maneira de juntar o Homem de Ferro, os personagens de 'Os Vingadores', Wolverine, os personagens de 'X-Men', o Homem-Aranha' e fazê-los atuar juntos", completou.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo