Cinema

"Círculo de Fogo" bate recorde na China e pode ter continuação

Do UOL, em São Paulo

“Círculo de Fogo”, novo filme sobre robôs e monstros do diretor Guillermo del Toro (“Hellboy” e “O Labirinto do Fauno”), teve um desempenho fraco nas bilheterias dos Estados Unidos, mas bateu recorde na China, com arrecadamento de US$ 9 milhões (R$ 18 milhões), apenas no fim de semana de estreia.

De acordo com o site “Deadline”, o resultado na China animou os estúdios em produzir uma sequência para o filme. Isso porque o filme ainda não estreou em mais da metade dos territórios globais, incluindo Espanha, Japão e Brasil (programado para estreia no dia 9 de agosto). A grande produção foi orçada em cerca de R$ 400 milhões (entre US$ 180 e 220 milhões).

"Círculo de Fogo" mostra a humanidade usando gigantescos robôs chamados "jaegers" para enfrentar alienígenas monstruosos, os "kaijus", derivados do folclore japonês, o que explica seu grande sucesso no mercado oriental.

Trabalhando com atores de TV quase desconhecidos, em vez de escalar grandes nomes de Hollywood, Del Toro evoca dois elementos que o fascinavam na infância: robôs e filmes japoneses.

"Acho que o deslumbramento que sentíamos quando garotos vendo filmes de monstros gigantes se perdeu", disse Del Toro, de 48 anos, à Reuters. "Eles eram tão grandes, tão loucos, que eram irreais... Eu queria trazer isso de volta."

Veja trailer legendado de "Círculo de Fogo"

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo