Cinema

Filme que chocou plateia de Cannes por violência explícita estreia no México

Do UOL, em São Paulo*

Único filme latino-americano na competição principal do Festival de Cannes deste ano, o filme mexicano "Heli" estreia nos cinemas de seu país nesta semana. O filme chocou a plateia do festival pelas cenas de violência explícita.

O diretor Amat Escalante ganhou a o prêmio de melhor diretor no festival francês com "Heli", que é o terceiro de sua carreira.

O filme conta a trajetória do rapaz do título, que vê sua vida devastada depois que a irmã de apenas 12 anos se envolve com um soldado. O militar, que rouba uma carga de cocaína de policiais corruptos, faz com que a violência irrompa na vida da família de forma abrupta.

"Não significa que estou mostrando a realidade. Eu me inspiro por aquilo que vejo. Isso é o que eu vejo. Vejo as pessoas que sofrem e as que não sofrem. Me sinto bem porque sei que não estou exagerando em nada", disse o diretor em entrevista.

* Com informações da AFP

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo