Cinema

Empresa de Gael García compra direitos mundiais de filme brasileiro

Montagem/Divulgação
Leandra Leal, Milhem Cortaz e Fabiula Nascimento em cenas do filme "O Lobo Atrás da Porta" imagem: Montagem/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

A empresa Mundial, dedicada a vendas internacionais de filmes produzidos na América Latina, entrou no Brasil ao adquirir os direitos mundiais do thriller de Fernando Coimbra "O Lobo Atrás da Porta", estrelado por Milhem Cortaz, Leandra Leal e Fabiula Nascimento. As informações são do site da revista "Variety".

A Mundial é produto de uma sociedade das empresas IM GLobal, de Stuart Ford e a Canana, fundada por Gael Garcia Bernal, Diego Luna e Pablo Cruz.

O filme, que marca a estreia de Coimbra em um longa-metragem, já havia sido selecionado para a mostra Contemporary World Cinema, do Festival Internacional de Cinema de Toronto.

O longa é produzido pela Gullane Filmes, que levou a animação "Uma História de Amor e Fúria" para o Festival de Annecy e o filme "Amazonia 3d" para o Festival de Veneza.

"O Lobo Atrás da Porta" mostra um triângulo amoroso formado após o sequestro de uma criança. Os atores Milhem Cortaz e Fabiula Nascimento vivem um casal cujas vidas são viradas de cabeça para baixo após a entrada em cena de uma personagem vivida por Leandra Leal.

A vice-presidente da Mundial Cristina Garza diz que este é o primeiro filme brasileiro da lista da empresa, mas certamente não será o último. "Jovens cineastas brasileiros estão inovando e não poderíamos estar mais honrados em representar essa estreia. Quando se trata de cinema estrangeiro, investidores e público estão à procura de visões ousadas e cinematografia provocativa".

"Este filme é tão poderosos e completamente diferente de tudo que já vimos. Com novos estímulos goverrnamentais e mais oportunidades para os cineastas, temos certeza que veremos mais vozes desse tipo", disse Garza.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo