Filmes e séries

Queda de produções em Hollywood vira caso de "emergência" para prefeito

Divulgação / Variety
Eric Garcetti, recém-empossado prefeito de Los Angeles, cita "emergência" ao falar sobre Hollywood Imagem: Divulgação / Variety

Do UOL, em São Paulo

27/08/2013 00h09

A queda nas produções filmadas em Hollywood é o tema da capa desta semana da revista "Variety", publicação norte-americana voltada ao mundo do cinema, que traz uma entrevista com o recém-empossado prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti.

Benefícios fiscais oferecidos por outras regiões dos Estados Unidos e do mundo são apresentados como o principal motivo, o que despertou um alerta de Garcetti, que cita a busca por soluções como uma "emergência" em sua administração. Somente entre 2004 e 2011, a participação do estado da Califórnia, onde fica Hollywood, em produções de cinema e TV caiu de 68% para 59%.

O programa de incentivo desenvolvido na Califórnia é estimado em US$ 100 milhões anuais, montante tímido em relação aos US$ 450 milhões oferecidos pelo estado de Nova York, por exemplo. Na cidade de Nova York, uma parceria entre o prefeito Michael Bloomberg e Katherine Oliver, responsável pelas produções cinematográficas na metrópole, aumentou a procura do local por produtoras e cineastas. Grandes produções como "O Especular Homem-Aranha 2" e "Os Vingadores" tiveram cenas filmadas lá.

Segundo a revista, a ideia de Garcetti é promover o mesmo tipo de interação em Los Angeles e fazer a cidade voltar à glória de antigamente, quando era tida como a "capital mundial do entretenimento".

"Nós temos que ser espertos quanto àquilo que procuramos", disse o político. "Talvez não seja o caso de buscar os filmes de US$ 200 milhões. Talvez seja interessante buscar as produções de TV a cabo e os comerciais. Talvez a saída esteja com os videogames ou mesmo comerciais menores."

Para Chris Baugh, responsável pela locação dos sets de "Argo", vencedor do Oscar de Melhor Filme em 2013, a indústria já começa a revelar profissionais que nunca pisaram em Hollywood. "Estou começando a ver gente que nunca fez um longa-metragem em Los Angeles", afirmou. "Na verdade, eles têm medo. Temem que aqui as coisas são muito caras e difíceis."

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
AFP
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
Topo