Cinema

"Exilados do Vulcão" e "O Mestre e o Divino" vencem Festival de Brasília

Do UOL, em São Paulo

Foram anunciados na noite desta terça-feira (24) os premiados da 46ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, que teve "Exilados do Vulcão" e "O Mestre e o Divino" como principais vencedores, nas categorias Melhor longa ficção e Melhor longa documentário, respectivamente.

"Exilados do Vulcão", de Paula Gaitán, foi premiado em R$ 250 mil do total de R$ 700 mil da premiação oficial. "O Mestre e o Divino", de Tiago Campos, ficará com R$100 mil.

O festival exibiu um total de 30 filmes, divididos em curtas de documentário, longas de documentário, curtas de animação, curtas de ficção e longas de ficção.

O júri popular premiou "Os Pobres Diabos", de Rosemberg Cariry, como Melhor filme de longa metragem e "Faroeste - Um Autêntico Western", de Wesley Rodrigues, como Melhor filme de curta metragem.

Veja a lista completa de premiados:

PRÊMIOS DO JÚRI OFICIAL
FILME DE LONGA METRAGEM FICÇÃO
Melhor longa ficção - R$ 250 mil
Exilados do Vulcão, de Paula Gaitán

Melhor direção - R$ 20 mil
Michael Wahrmann, por Avanti Popolo

Melhor ator - R$ 10 mil
Pedro Maia, por Depois da Chuva

Melhor atriz - R$ 10 mil
Maeve Jinkings, por Amor, Plástico e Barulho

Melhor ator coadjuvante - R$ 5 mil
Carlos Reichenbach, por Avanti Popolo

Melhor atriz coadjuvante - R$ 5 mil
Nash Laila, por Amor, Plástico e Barulho

Melhor roteiro - R$ 10 mil
Claudio Marques, por Depois da Chuva

Melhor fotografia - R$ 10 mil
Aloysio Raulino, por Riocorrente

Melhor direção de arte - R$ 10 mil
Dani Vilela, por Amor, Plástico e Barulho

Melhor trilha sonora - R$ 10 mil
Mateus Dantas, Nancy Viegas, Bandas Crac! e Dever de Classe, por Depois da Chuva

Melhor som - R$ 10 mil
Fábio Andrade e Edson Secco, por Exilados do Vulcão

Melhor montagem - R$ 10 mil
Idê Lacreta e Paulo Sacramento, por Riocorrente


FILME DE CURTA METRAGEM FICÇÃO

Melhor curta ficção  - R$ 20 mil
Lição de Esqui, de Leonardo Mouramateus e Samuel Brasileiro

Melhor direção - R$ 5 mil
Ricardo Alves Jr.,  por Tremor

Melhor ator - R$ 5 mil
Miguel Arraes, por Todos Esses Dias em que sou Estrangeiro

Melhor atriz - R$ 5 mil
Rita Carelli, por Au Revoir

Melhor roteiro - R$ 5 mil
Leonardo Mouramateus, por Lição de Esqui

Melhor fotografia - R$ 5 mil
Matheus Rocha, por Tremor

Melhor direção de arte - R$ 5 mil
Thales Junqueira, por Au Revoir

Melhor trilha sonora - R$ 5 mil
Gustavo Fioravante e O Grivo, por Fernando Que Ganhou Um Pássaro do Mar

Melhor som - R$ 5 mil
Bruno Bergamo, por Sylvia

Melhor montagem - R$ 5 mil
Frederico Benevides, por Tremor


FILME DE CURTA METRAGEM ANIMAÇÃO

Melhor filme animação – R$ 20 mil
Faroeste – Um Autêntico Western, de Wesley Rodrigues


FILME DE LONGA METRAGEM DOCUMENTÁRIO

Melhor longa documentário – R$100 mil
O Mestre e o Divino, de Tiago Campos

Melhor direção - R$ 20 mil
Maria Augusta Ramos, por Morro dos Prazeres

Melhor fotografia - R$ 10 mil
Leo Bittencourt e Gui Gonçalves, por Morro dos Prazeres

Melhor trilha sonora - R$ 10 mil
O Mestre e o Divino

Melhor som - R$ 10 mil
Felippe Mussel, por Morro dos Prazeres

Melhor montagem - R$ 10 mil
Amandine Goisbault, por O Mestre e o Divino


PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI DOCUMENTÁRIO
Pelo trabalho de pesquisa do filme Outro Sertão, de Adriana Jacobsen e Soraia Vilela


FILME DE CURTA METRAGEM DOCUMENTÁRIO

Melhor filme - R$ 20 mil
Contos da Maré, de Douglas Soares

Melhor direção - R$ 5 mil
Rafael Urban e Terence Keller, por A que deve a honra da ilustre visita este simples marquês?

Melhor fotografia - R$ 5 mil
André Moncaio, por O canto da lona

Melhor trilha sonora - R$ 5 mil
Fabio Baldo, por Contos da Maré

Melhor som - R$ 5 mil
Samuel Gambini, por O canto da lona

Melhor montagem - R$ 5 mil
Ivan Costa e Dácia Ibiapina, por O gigante nunca dorme


PRÊMIO DO JÚRI POPULAR

Melhor filme de longa metragem - R$ 30 mil
Os Pobres Diabos, de Rosemberg Cariry

Melhor filme de curta metragem - R$ 20 mil
Faroeste - Um Autêntico Western, de Wesley Rodrigues


TROFÉU CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL

Melhor longa-metragem - R$ 80 mil
E ainda Prêmio CiaRio-Brasil - 10 mil em locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria da empresa Moviecenter
Plano B, de Getsamane Silva

Melhor curta-metragem - R$ 30 mil
E ainda Prêmio CiaRio-Brasil - 6 mil em locação de equipamentos de iluminação, acessórios e maquinaria da empresa Naymar
O Balãozinho Azul, de Fáuston da Silva

Melhor direção - R$ 6 mil
Renata Diniz, por Requília

Melhor ator - R$ 6 mil
Dimer Monteiro e Henrique Bernardes Batista, por Requília

Melhor atriz - R$ 6 mil
Patrícia Del Rey, por Fragmentos

Melhor roteiro - R$ 6 mil
Renata Diniz, por Requília

Melhor fotografia - R$ 6 mil
E ainda bolsa de estudo em cursos técnicos ministrados pela FOCOBR - Centro de Treinamento Audiovisual
Dani Azul, por Fragmentos

Melhor montagem - R$ 6 mil
E ainda bolsa de estudo em cursos técnicos ministrados pela FOCOBR - Centro de Treinamento Audiovisual
Sérgio Azevedo, por Plano B

Melhor direção de arte - R$ 6 mil
e ainda bolsa de estudo em cursos técnicos ministrados pela FOCOBR - Centro de Treinamento Audiovisual
Lucas Gehre, por Palhaços Tristes

Melhor edição de som - R$ 6 mil
Ricardo Ponte, por Palhaços Tristes

Melhor captação de som direto - R$ 6 mil
Victor Penington, por Requília

Melhor trilha sonora - R$ 6 mil
Ivo Perelman, Mathew Shipp, Mat Maneri, Sirius Quarter, por Uma Dose Violenta de Qualquer Coisa


TROFÉU CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL - JÚRI POPULAR

Melhor longa-metragem: R$ 20 mil
Cidadão Brazza, de Péterson Paim

Melhor curta-metragem: R$ 10 mil
O Balãozinho Azul, de Fáuston da Silva

PRÊMIO ABCV - Associação Brasiliense de Cinema e Vídeo
Conferido pela ABCV – Associação Brasiliense de Cinema e Vídeo a profissionais do audiovisual do Distrito Federal
Homenagem a Afonso Brazza

PRÊMIO CANAL BRASIL
Cessão de um Prêmio de Aquisição no valor de R$ 15 mil e o troféu Canal Brasil, ao Melhor Curta selecionado pelo júri Canal Brasil.

PRÊMIO EXIBIÇÃO TV BRASIL
Melhor longa-metragem - R$ 50 mil
Os Pobres Diabos, de Rosemberg Cariry


PRÊMIO ABRACCINE
Melhor longa-metragem - Avanti Popolo, de Michael Wahrmann
Melhor curta-metragem - A que deve a honra da ilustre visita este simples marquês?, de Rafael Urban e Terence Keller

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo