Cinema

"Gravidade" pode arrecadar quase US$ 50 mi no final de semana de estreia

Do UOL, em São Paulo

Depois de arrecar US$ 17,5 milhões em sua estreia, na sexta-feira (4), "Gravidade" já ultrapassou os US$ 40 milhões de bilheteria previstos para seu primeiro final de semana nos cinemas. Segundo a revista especializada "Variety", a expectativa agora é de que o thriller alcance US$ 47 milhões em três dias.

As expectativas já colocam "Gravidade" entre as cinco melhores estreias de outubro ("Atividade Paranormal 3" é a campeã, com US$ 52.6 milhões"). Até agora já se sabe que foram vendidos mais ingressos para a versão 3D do filme do que 2D e Imax, mas os resultados finais só serão divulgados no domingo pela manhã.

O estrondoso lançamento de "Gravidade" também eclipsou a estreia de "Aposta Máxima", com Justin Timberlake e Ben Affleck: o filme rendeu apenas US$2.8 milhões na sexta-feira.

O filme
Em "Gravidade", o descontraído astronauta Matt Kowalski (Clooney) faz seu último voo espacial, durante o qual testa um novo equipamento que permite a ele flutuar no espaço. Ele é acompanhado por Ryan Stone (Bullock), uma engenheira em sua primeira missão em órbita e que carrega um peso na consciência. Ambos serão os únicos sobreviventes de um terrível acidente, que os deixa à deriva no espaço.

Com roteiro de Alfonso Cuarón e de seu filho Jonás, de 31 anos, o filme estreou na sexta-feira nos Estados Unidos e chega aos cinemas brasileiros no próximo dia 11 de outubro.

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo