Cinema

Graham Stark, ator de "A Pantera Cor de Rosa", morre aos 91

Do UOL, em São Paulo

O ator britânico Graham Stark, conhecido por participações nos filmes de "A Pantera Cor de Rosa", morreu aos 91 anos, de acordo com informações do site da rede inglesa BBC. Stark morreu na terça-feira (29), em Londres, após complicações causadas por um derrame cerebral.

Ao longo de sua carreira, o ator esteve em mais de 100 filmes, entre eles "Um Tiro no Escuro" (1964), "Alfie" (1966), "Cassino Royale" (1967) e "Superman III" (1983). Ele também dirigiu duas produções para o cinema: o curta-metragem "Simon Simon" (1971) e longa "The Magnificent Seven Deadly Sins" (1971). 

No entanto, uma de suas aparições mais recordadas foi seu papel como recepcionista de um hotel alemão no filme "A volta da Pantera Cor- de-Rosa", em 1975.

Casado com a atriz Audrey Nicholson e com três filhos, Stark trabalhou pela primeira vez em "Um Tiro no Escuro" graças a sua amizade com o protagonista, o ator britânico Peter Sellers (1925-1980).

Desde então nasceu um duo inseparável dentro e fora da tela no qual Sellers encarnava o inspetor Clouseau na série "A Pantera de Cor Rosa" e Stark seu ajudante.

Graham Stark atuou como garçom no clipe de "Goody Two Shoes", do músico Adam Ant; veja

O britânico nasceu em 1922 na vila de Wallasey, que pertence ao condado de Merseyside, ao norte da Inglaterra, e estreou nos palcos aos 13 anos em uma comédia natalina.

Stark, que também era escritor, estudou na Real Academia de Arte Dramática após participar da Segunda Guerra Mundial como membro da Força Aérea (RAF) britânica.

*Com informações da EFE

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]
Topo