Cinema

Disney bate recorde de US$ 3,79 bilhões em bilheterias em um ano

Do UOL, em São Paulo

A Disney divulgou nesta terça-feira (12) que vai bater, ainda hoje, o recorde de bilheteria mundial arrecadada em um ano, atingido em 2010. De acordo com a companhia, o faturamento de US$ 3,791 bilhões atingido há cerca de três anos será superado a quase dois meses do fim do ano, e com três filmes do estúdio ainda para estrear. As informações são do site Deadline.

"Com resultados incríveis das nossas marcas Marvel, Disney e Pixar, essa é uma conquista sensacional e ainda temos sete semanas e três excitante filmes neste ano", disse o presidente da companhia, Alan bergman. "Todos os nossos filmes têm em comum não só a qualidade, mas ótimos personagens e histórias universais que conectam pessoas ao redor do mundo", completou.

O anúncio acontece enquanto o filme "Thor: O Mundo Sombrio" está em primeiro lugar nas bilheterias, tanto no Brasil como nos Estados Unidos, e também na contagem internacional. Entre a última sexta-feira (8) e domingo (10), o filme foi visto por 739 mil pessoas no Brasil, arrecadando R$ 10,6 milhões. Em 10 dias de exibição, o longa estrelado por Chris Hemsworth levou 2,6 milhões de brasileiros aos cinemas, faturando R$ 34,6 milhões. As informações são da consultoria Rentrak.

Nos Estados Unidos, o filme com o herói nórdico faturou US$ 86,1 milhões no final de semana de estreia. Somadas as bilheterias de todo o mundo, a produção já arrecadou US$ 327 milhões.

Além de "Thor", o bom desempenho da Disney nas bilheterias foi auxiliado por "Homem de Ferro 3", "Universidade Monstros" e "Oz: Mágico e Poderoso".

A Disney ainda vai lançar neste ano nos Estados Unidos até o final do ano os filmes "Delivery Man", "Walt nos Bastidores de Mary Poppins" e "Frozen - Uma Aventura Congelante".

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo