Cinema

Ricardo Darín diz ter recusado papel em Hollywood

Getty Images
Artista argentino tem 56 anos imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

O ator e diretor argentino Ricardo Darín, 56, afirmou, em uma entrevista ao apresentador Alejandro Fantino, na TV argentina, que jamais iria se render à lógica de Hollywood e que se negou a fazer parte de um filme na meca do cinema norte-americano.

Segundo Darin, ele negou a participação no filme "Chamas da Vingança", com Denzel Washington. Com direção de Tony Scott, irmão de Ridley Scott ("O Conselheiro do Crime", 2013), o longa-metragem contaria com Darín como um traficante mexicano.

"Hollywood não me tira o sono, o Oscar não me tira o sono. (…) Me criticaram muito porque dizer que não tinha vontade de ir ao Oscar, não porque não tinha vontade, mas “como vai dizer que não tem vontade de ir ao Oscar? Você tá brincando!’ Sim, não tenho vontade de ir no Oscar, qual é o problema? Por que tenho que ir ao Oscar? Por quê?", afirmou.

Ricardo Darín dirigiu "La Señal", de 2007. Como ator, ele estrelou filmes como "O Filho da Noiva", "Nove Rainhas" e "El faro". A entrevista foi ao ar em setembro deste ano, mas tem ganhado repercussão na última semana por causa do compartilhamento de usuários no Facebook.

Veja abaixo o vídeo original:

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo