! "Em Chamas" fatura US$ 2,4 milhões no primeiro dia de exibição no Brasil - 16/11/2013 - UOL Entretenimento

Cinema

"Em Chamas" fatura US$ 2,4 milhões no primeiro dia de exibição no Brasil

Do UOL, em São Paulo

Em seu primeiro dia de exibição no Brasil nesta sexta-feira (15), o filme "Jogos Vorazes: Em Chamas" arrecadou US$ 2,4 milhões (R$ 5,57 milhões) em bilheterias, sendo exibido em 962 salas de cinema pelo país. As informações são do site da revista "Variety", que afirma ainda que o número é um sinal de que o novo título da franquia estrelada por Jennifer Lawrence deve ter bom desempenho nas bilhterias fora dos Estados Unidos.

O Brasil é o primeiro país no qual "Em Chamas" estreia no circuito comercial. Na próxima semana, o filme estreia também nos Estados Unidos e em mercados grandes da Europa, como Alemanha e Reino Unido, e da Ásia, como China e Japão.

O faturamento de "Em Chamas" no primeiro dia no Brasil é mais do que três vezes maior do que o da estreia do primeiro filme da série, no ano passado.

"Jogos Vorazes", primeiro título da franquia, faturou US$ 409 milhões nos Estados Unidos, cerca de 60% do total arrecadado pela produção em todo o mundo --US$ 691 milhões. O Brasil foi responsável por US$ 10 milhões desse total.

Segundo a Variety, a expectativa para o segundo título é de que fature US$ 950 milhões --US$ 375 milhões nos EUA e US$ 575 milhões no resto do mundo.

No filme, Katniss Everdeen (Lawrence) e Peetta Mellark (Josh Hutcherson) estão no Distrito 12 depois da vitória incomum no primeiro capítulo. Mas a dupla continua sendo alvo do totalitário presidente Snow (Donald Sutherland), que exige a veracidade do romance do casal de lutadores para que a rebelião não se espalhe na nação de Panem. Para isso, impõe uma tour por todos os distritos como forma de propaganda do regime da Capital.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo