Cinema

Produtora de "Ninfomaníaca" encerra boato e diz que filme terá duas versões

Do UOL, em São Paulo

Afinal, o novo e controverso filme de Lars Von Trier terá uma ou duas versões? E essas versões terão duas, quatro ou mais de cinco horas? O diretor foi contrariado com essa decisão? Ele participou do corte final?

Para esclarecer as mais recentes especulações sobre a nova produção do diretor dinamarquês, a produtora Louise Vesth, da Zentropa, deu uma entrevista exclusiva para o site Screen Daily.

Diferentemente do que foi noticiado por alguns sites especializado, o filme terá, sim, duas versões. A versão mais curta chegará às telas primeiro, começando pela Dinamarca no dia 25 de dezembro. No Brasil, a mesma versão está prevista para estrear no dia 10 de janeiro.

Alguns meses depois, chega aos cinemas uma versão maior, de cinco horas e meia, com mais sexo explícito e mais close nos genitais, segundo a produtora.

"Foi publicado recentemente que isso foi feito contra a vontade do diretor, e, definitivamente, não é o caso", disse ela ao site, em um entrevista por telefone.

"Lars me disse que está feliz que isso seja feito desta forma. Para ele, é muito importante ter uma versão mais longa por questões artísticas, mas ele entende as necessidades de distribuição. É de seu interesse que o filme possa ser visto em diferentes territórios".

"Esta foi a maneira que encontramos de fazer isso. Se só houvesse uma versão, ele teria que fazer mais concessões. Os  distribuidores acabariam censurando o filme por causa das restrições de vários países".

"É uma maneira de fazer com que o público em geral possa ver o filme. As duas versões são adequadas para o público, mas é claro que quando você faz algo muito explícito você reduz as possibilidades de distribuição".

Duas versões, duas partes

Conforme planejado desde o início do projeto, as duas versões serão divididas em duas partes - a versão de quatro horas será de 2 x 2 horas, a versão 5 horas e meia será dividid em 2,5 horas para a parte um e em seguida, três horas para a parte dois.

A produtora também disse não saber como e onde a versão mais longa será exibida. Segundo ela, isso será definido no próximo ano. Ela, no entanto, garante que mesmo a versão mais curta terá cenas de sexo. Na Dianamarca, a versão mais branda terá classificação etária para maiores de 15 anos, e nos Estados Unidos, para maiores de 17.

Edição

As duas versões foram conduzidas pela editora de "Melancolia" Molly Marlene Stensgaard. Von Trier não participou diretamente da versão mais curta por questões práticas, segundo a produtora. "Era importante ter um única ideia das duas versões...nós nunca lançaríamos nada contra a vontade dele", garantiu. 

Trailer para maiores

Divulgado na última sexta (22), o trailer do filme traz Charlotte Gainsbourg e Stacy Martin --que interpretam a protagonista adulta e jovem, respectivamente-- em cenas de sexo explícito. Estas cenas foram feitas combinando imagens dos atores com cenas de atores pornô fazendo sexo de verdade. Os atores Shia La Beouf, Uma Thurman, Willem Dafoe e  Stellan Skarsgard também aparecem no trailer.

Uma Thurman relatou a experiência em trabalhar com o diretor. "Acho que é um gênio, um autor. Escreve, dirige, é atrevido e provavelmente um pouco louco, e eu sinto simpatia por pessoas assim", reconhece, enquanto volta a explodir em gargalhadas. "Lars me disse que eu atuo mais em uma só cena que todos os atores de todos os seus filmes anteriores juntos, o que foi sua maneira de me dizer que eu exagerava", brinca sobre a filmagem, que fez em uma só tomada.

O vídeo abaixo contém conteúdo inapropriado para menores.

Trailer original de "Ninfomaníaca", de Lars Von Trier

Topo