Cinema

"Jogos Vorazes" e "Frozen" batem recorde de bilheteria nos EUA

Do UOL, no Rio

Desde a semana do feriado de Ação de Graças, “Jogos Vorazes – Em Chamas” arrecadou mais de US$ 296 milhões nos cinemas americanos.  O valor de quarta-feira (27) até este domingo (1) que o filme somou nas salas de exibição do mundo inteiro ultrapassou US$ 573 milhões, o colocando no topo das paradas internacionais.

Com uma grande diferença do primeiro colocado, “Frozen – O Reino de Gelo”, desenho animado em 3D da Disney, ficou em segundo lugar arrecadando a bagatela de US$ 93 milhões de quarta-feira (27) até este domingo (1). A animação é a grande aposta de 2013 da Disney.

Segundo a “Variety”, “Jogos Vorazes – Em Chamas” e “Frozen – O Reino de Gelo” bateram o recorde de arrecadação nas bilheterias americanas uma semana após o feriado de Ação de Graças.

"Jogos Vorazes - Em Chamas" está pela segunda semana no topo, faturou US$ 110 milhões e deve alcançar uma bilheteria acumulada de US$ 300 milhões só nos EUA. No mundo, estima-se que a produção extrapole os US$ 500 milhões. Já a nova produção da Disney, "Frozen - O Reino de Gelo", estreou em segundo com US$ 90 milhões acumulados. A animação, que tem atraído crianças e famílias aos cinemas, é a única produção da Disney a aparecer entre os cinco campeões de bilheteria norte-americanos.

A lista dos filmes menos promissores no fim de semana pós-feriado de Ação de Graças está liderada por “Homefront”, da Open Road, que ganhou US$ 2,6 milhões nesta sexta-feira (29); e contabiliza cerca de US$ 6 milhões em cinco dias de arrecadação.

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo