Cinema

Homem que inspirou "127 horas" é solto após prisão por violência doméstica

© Denver Police Department
Polícia norte-americana divulga foto do alpinista Aron Ralston imagem: © Denver Police Department

Do UOL, em São Paulo

Aron Ralston, o alpinista e escritor que cortou o próprio braço em um cânion nos Estados Unidos, o que acabou sevindo de inspiração para o filme "127 horas", foi liberado nesta segunda (9) após ficar dois dias preso após uma briga com a namorada na frente do bebê de dois meses do casal.

Tanto Ralston quanto a namorada Vita Shannon foram presos sob a acusação de agressão e "erros contra menores". Ele se apresentaram à Justiça nesta segunda, quando as acusações foram retiradas e eles foram liberados.

Segundo os documentos da polícia, Shannon acusou Ralston de empurrá-la pelas costas. Já ele acusa a namorada de dar um soco nele na cabeça.

O motivo da briga ainda não foi esclarecido, mas sites internacionais dizem que o casal se desentendeu por causa do filho que o aplinista teve com sua ex-mulher, Jessica Trusty.

Trusty e Ralston se separaram há dois anos, quando o alpinista conheceu a atual namorada durante um voo. Entrevistada pelo site Daily Mail, a mãe de Shannon disse que o bebê está bem e que a filha está muito chateada com tudo o que aconteceu. "Ela é muito discreta. Não deve ter ideia do que a espera em termos de atenção da mídia".

Em 2003, Aron Ralston, engenheiro mecânico, passava um final de semana explorando o cânion Blue John, no Estado de Utah, nos Estados Unidos. Ao descer por uma fenda, uma rocha enorme se desprendeu, fazendo com que caísse alguns metros abaixo e prendendo seu braço direito contra a parede da fenda. Para sobreviver, após cinco dias, ingeriu a própria urina e teve que amputar o braço.

Ralston escreveu uma autobiografia e sua história deu origem ao filme "127 horas", de Danny Boyle. Em 2011, o filme concorreu em seis categorias do Oscar, incluindo de Melhor Filme. 

  • Aron Ralston e sua mulher, Jessica Trusty, participam da cerimônia do Oscar em 2011

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo