Cinema

Primeira parte de "O Hobbit" registra 3ª maior arrecadação em salas IMAX

Reprodução
A criatura Gollum em cena de "O Hobbit: Uma Jornada Inesperada", de 2012 imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

"O Hobbit - Uma Jornada Inesperada", primeira parte da nova trilogia de Peter Jackson baseada na obra de J.R.R. Tolkien, ocupa a terceira posição em uma lista dos filmes que mais arrecadaram no mundo em salas dotadas da tecnologia IMAX.

Lançado em dezembro de 2012, o filme arrecadou US$ 77,3 milhões, atrás de "Avatar" (US$ 242,7 milhões) e "Batman O Cavaleiro das Trevas" (US$ 109,7 milhões), segundo dados divulgados nesta quinta-feira (12) pelo instituto Rentrak e fechados em 20 de novembro último.

Também estão no top 5 o recente "Gravidade", que segue em cartaz e já acumula US$ 74 milhões arrecadados em salas IMAX e "O Expresso Polar", com US$ 73 milhões.

Criada na década de 1970, a tecnologia IMAX ganhou maior popularidade apenas recentemente com a exibição de grandes blockbusters no formato, como "Avatar", "Transformers" e "Batman - Cavaleiro das Trevas", um dos poucos a apostar não só na projeção em suas telas gigantes mas também a captação de parte do filme usando câmeras específicas para o IMAX que trabalham com um negativo com quase o dobro do tradicional de 35 mm.

Em 2008, ano em que "Avatar" chegou aos cinemas, apenas 8 longas de Hollywood foram lançados em formato IMAX. Em 2013, esse número saltou para 38 produções. Nesse período, o crescimento da renda com ingressos vendidos para salas IMAX, ainda segundo o Rentrak, foi de 480%.

Os últimos cinco anos viram também a expansão das salas de cinema IMAX pelo mundo. Recentemente, a superprodução "Jogos Vorazes: Em Chamas" estreou em um recorde de 621 telas IMAX espalhadas pelo mundo.

No Brasil, há salas de cinema adequadas ao formato apenas nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba e Porto Alegre. A partir desta semana, todos exibirão "O Hobbit - A Desolação de Smaug", segunda parte da aventura dirigida por Peter Jackson.
 

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]
 
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo