Cinema

"O Lobo Atrás da Porta", com Leandra Leal, é premiado em festival cubano

Do UOL, em São Paulo*

"O Lobo Atrás da Porta", estreia do diretor brasileiro Fernando Coimbra, venceu o prêmio "Primeira Obra" no 35º  Festival Internacional do Novo Cinema Latino-Americano de La Habana, em Cuba.

O filme conta a história do desespero de um casal, vivido por Milhem Cortaz e Fabíula Nascimento, ao ter o filho sequestrado em um subúrbio do Rio de Janeiro. O longa também tem Leandra Leal no elenco, que venceu o prêmio de Melhor Atriz pelo filme, no Festival do Rio deste ano. 

Outros dois filmes brasileiros ganharam primeiros lugares nas categorias documentário e animação. "Helena", de Petra Costa, foi considerado o melhor documentário na competição e "O Menino e o Mundo", de Ale Abreu, venceu na categoria animação. 

O filme mexicano "Heli", um cruel retrato de Amat Escalante sobre um México corroído pelo narcotráfico, levou o principal prêmio da noite, na categoria ficção. 

O filme conta a trajetória do rapaz do título, que vê sua vida devastada depois que a irmã de apenas 12 anos se envolve com um soldado. O militar, que rouba uma carga de cocaína de policiais corruptos, faz com que a violência irrompa na vida da família de forma abrupta.

"Heli" representará o México na disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro. Também valeu o prêmio de melhor diretor a Escalante no Festival de Cannes.

Ficção: 

1º Prêmio Coral: "Heli", de Amat Escalante (México)
2º Prêmio Coral: "El lugar del hijo", de Manuel Nieto (Uruguai)
3º Prêmio Coral: "Gloria", de Sebastián Lelio (Chile)
Premio especial do Júri: "Wakolda", de Lucía Puenzo (Argentina)
Menção: "Pelo Malo", de Mariana Rondón (Venezuela)

Melhor Direção: "Wakolda", de Lucía Puenzo.
Roteiro: "Bocaccerías habaneras", de Arturo Soto (Cuba)
Melhor Ator: Diego Peretti por "La reconstrucción" (Argentina)
Melhor Atriz: Vanessa Alvario por "No robarás... a menos que sea necesario" (Ecuador)
Edição: Mariana Rodríguez por "Tercera llamada" (México)
Música Original: Oscar Camacho por "El mudo" (Perú)
Trilha: Ramiro Fierro por Yvy Maraey por "Tierra sin mal" (Bolivia)
Fotografia: Arauco Hernández Holz por "El lugar del hijo" (Uruguai)
-- Dirección Artística: Pamela Chamorro por "Cirqo" (Chile)

Primeira Obra 

1º: "O Lobo Atrás da Porta", de Fernando Coimbra (Brasil)
2º: "Los insólitos peces gatos", de Claudia Sainte-Luce (México)
3º: "El verano de los peces voladores", de Marcela Said, de Chile.
Premio Especial do Júri: "La jaula de oro", Diego Quemada-Díez

Curtas de ficção

Premio Coral: "Casting", Eduardo del Llano (Cuba)
Menção: "Irene", de Alexandra Latishev (Costa Rica)

Documentários

1º: "Elena" de Petra Costa. Brasil
2º: "La Gorgona, historias fugadas", de Camilo Botero (Colombia)
3º: "Mi amiga Bety", de Diana Garay (México)
4º: "La última estación", de Cristian Soto y Catalina Vergara (Chile)
-- Coral a mejor documental no latinoamericano: "Seré asesinado", de Justin Webster (Reino Unido)
-- Mención especial: "La casona", de Juliette Touin (Cuba)

Animação

1º: "O menino e o mundo", Ale Abreu (Brasil)
2º: "Historias de cronopios y de famas", de Julio Ludueña (Argentina)
3º: "Padre", de Santiago Bou (Argentina)
4º: "Carne", de Carlos Alberto Gómez (Colombia)

*Com informações da AFP e EFE

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo