Cinema

Morre, aos 82 anos, o ator Tom Laughlin, estrela de "Billy Jack"

Reprodução
Tom Laughlin como Billy Jack, herói da contracultura dos anos 1970 imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

Tom Laughlin, que escreveu, dirigiu e estrelou os filmes com o herói Billy Jack, morreu aos 82, na Califórnia, informou sua família. Ele era casado desde 1954 com Delores Taylor, que também atuou nos quatro filmes de Billy Jack.

Além de atuar, dirigir e escrever, Laughlin também era produtor e chamou a atenção da indústria de Hollywood ao promover o filme "The Trial Of Billy Jack", que incluía trailers para a TV e um dia de estreia nacional, o que ajudou a moldar o modelo de distribuição atual.

O primeiro filme de Billy Jack foi lançado em 1967. Em 1971, ele lançou a sequencia de forma independente, já que os estúdio se intimidaram com as cenas de nudez e inúmeras referências políticas. Quando a Warner Bros finalmente concordou em distribuir o filme, Laughlin não gostou de como o filme foi divulgado, processou o estúdio e obteve os direitos de volta.

O relançamento trouxe sucesso de bilheteria e controvérsia, já que o herói, um ex-combatente da Guerra do Vietnã defendia os hippies, a contracultura e os indígenas.

Nos últimos anos, o ator estava envolvido com a psicologia e com aconselhamento relacionado a abusos domésticos. 

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo