Filmes e séries

Diretor Steve McQueen é xingado no palco de premiação de críticos de NY

AP
O diretor Steve McQueen Imagem: AP

Do UOL, em São Paulo

07/01/2014 08h43

O destaque da cerimônia de premiação dos críticos de Nova York, realizada na noite desta segunda (6), não foi o elenco de estrelas que subiu ao palco para receber as homenagens, mas um crítico de cinema que xingou o diretor Steve McQueen, quando esse recebia o prêmio de melhor direção por "12 Anos de Escravidão".

Armond White, polêmico crítico de cinema do CityArts, gritou quando McQueen fazia os agradecimentos: "Você é um porteiro e um lixeiro ridículo. Vá se f...", relatou a revista "Variety". Não se sabe se o diretor não ouviu ou ignorou o agressor, mas não interrompeu seu discurso.

White já havia escrito em sua crítica que o filme de McQueen era o mais desagradável desde "O Exorcista" (1973). "Isso mesmo, '12 Anos de Escravidão' pertence ao gênero pornô com tortura, como 'O Albergue', 'A Centopéia Humana' e a franquia 'Jogos Mortais', mas faz parte de uma nova leva de filmes que é vendido (erroneamente) como 'uma conversa sobre raça'", escreveu ele. 

Segundo a revista, essa não é a primeira vez que o crítico ofende os atores premiados. Em 2011, ele xingou as atrizes Annette Bening e Michelle Williams e em 2012, as vítimas foram Robert DeNiro e Viola Davis.

Os vencedores da premiação já haviam sido anunciados no dia 3 de dezembros, então as surpresas ficaram para a hora dos discursos. Para subir ao palco, o diretor foi recebido pelo lendário Harry Belafonte, que fez o diretor chorar.

Veja lista dos vencedores:

Melhor Filme: "Trapaça"
Melhor Ator: Robert Redford, "All Is Lost"
Melhor Atriz: Cate Blanchett, "Blue Jasmine"
Melhor Diretor: Steve McQueen, "12 Anos de Escravidão"
Melhor Roteiro: Eric Singer & David O. Russell, "Trapaça"
Melhor Ator Coadjuvante: Jared Leto, "Dallas Buyers Club"
Melhor Atriz Coadjuvante: Jennifer Lawrence, "Trapaça"
Melhor Animação: "Vidas ao Vento"
Melhor Cinematografista: Bruno Delbonnel, "Inside Llewyn Davis - Balada de um Homem Comum"
Melhor Primeiro Filme: Ryan Coogler, "Fruitvale Station"
Melhor Filme Estrangeiro: "Azul é a Cor Mais Quente"
Melhor Documentário: "Stories We Tell"
Prêmio Especial: Frederick Wiseman

$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
Cinebiografia a caminho
Reuters
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Chico Barney
Roberto Sadovski
redetv
redetv
do UOL
EFE
EFE
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
EFE
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
redetv
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
Reuters
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
AFP
Topo