! Escravos, astronautas e mafiosos devem dominar prêmios do Globo de Ouro - 11/01/2014 - UOL Entretenimento

Filmes e séries

Escravos, astronautas e mafiosos devem dominar prêmios do Globo de Ouro

Chico Fireman

Do UOL, em São Paulo

11/01/2014 06h00

O próximo domingo (12) será o dia de medir o amor dos críticos pela história de um homem livre sequestrado para ser escravo ("12 Anos de Escravidão"), pela jornada existencialista de uma cientista perdida no espaço ("Gravidade") e por uma história da máfia americana nos anos 70 ("Trapaça"). Os prêmios aos indicados ao Globo de Ouro serão entregues em Los Angeles.

Prêmio da imprensa estrangeira em Hollywood, o Globo de Ouro é entregue depois de que as associações de críticos em cada grande cidade norte-americana dão seus vereditos sobre os melhores do ano. Elas ajudam a materializar --ou não-- as apostas dos "experts" de sites e blogs de cinema, resgatando alguns filmes que andavam desacreditados ("Trapaça"), criando novos fenômenos indie ("Ela"), derrubando quem parecia ter mais chances ("Álbum de Família").

Mas os críticos apenas dão o caminho para quem verdadeiramente decide os indicados ao grande prêmio da temporada, o Oscar. Os nomes eleitos por eles precisam ser ratificados dentro da indústria e é por isso que os prêmios entregues pelos "guilds" (os sindicatos das categorias) são fundamentais para sentir o que quem faz cinema está pensando da temporada. Os principais guilds são o SAG (atores), DGA (diretores), PGA (produtores) e WGA (roteiristas). Todos já anunciaram seu finalistas.

E ainda vai ser madrugada em Los Angeles, quando, daqui a uma semana, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos anunciar os indicados ao prêmio mais famoso e influente do cinema mundial, o Oscar. O anúncio dos finalistas ao Oscar é o fim de um processo de especulações, apostas e premiações de críticos e da própria indústria que dura cerca de quatro meses.
 
Quem vota nos sindicatos não necessariamente vota no Oscar, mas a maioria absoluta dos votantes do Oscar vota nos prêmios dos sindicatos, o que deixa mais claras algumas ideias. A votação é setorizada: atores votam em atores, diretores em diretores, figurinistas em figurinistas.
 
Levando em conta esses elementos, as apostas para os vencedores do Globo de Ouro já são desenhadas. Veja abaixo:
 
$!$render-component.split('/')[$math.sub($render-component.split('/').size(), 1)]


Melhor filme

"12 Anos de Escravidão" vem sendo considerado o grande filme sério do ano. Provavelmente deve levar o Globo de Ouro de drama. Seu principal rival, "Trapaça", não concorre diretamente com ele porque foi indicado como comédia, prêmio que deve ganhar. "Gravidade", embora tenha chances, parece estar um passo atrás dos dois.

Direção

Nesta categoria, ao contrário dos últimos anos, é provável que não exista dobradinha com o melhor filme. Embora Steve McQueen tenha ganho alguns prêmios por "12 Anos de Escravidão", Alfonso Cuarón, cujo virtuosismo do trabalho em "Gravidade" salta aos olhos, foi reconhecido por muitas associações de críticos e provavelmente deve levar o Globo de Ouro, que adora premiar estrelas (e ele é o mais próximo disso aqui).

Ator

No Globo de Ouro, Bruce Dern, de "Nebraska", reina sozinho na categoria de comédia (o que filme passa longe de ser), a não ser que os jornalistas estrangeiros caiam de amores pelo Leonardo Di Caprio em "O Lobo de Wall Street", que seria um prêmio bem típico.

Os outros quatro grandes concorrentes estão na categoria de drama e pelo menos três deles têm alguma chance: seguindo a lógica das estrelas, um prêmio para Matthew McConaughey por "Dallas Buyers Club" faz muito sentido, mas talvez eles achem irresistível dar um prêmio para Robert Redford por "All is Lost". Correndo por fora, mas com boas chances também, Chiwetel Ejiofor, por "12 Anos de Escravidão".

Atriz

Globo de Ouro de atriz em comédia: Meryl Streep, por "Álbum de Família". Porque nenhuma das outras vem sendo considerada para o top 5 desse quesito. Globo de Ouro de atriz dramática: Cate Blanchett, por "Blue Jasmine". Porque ela está ganhando tudo. E merecidamente.

Ator coadjuvante

O Globo de Ouro deve acompanhar a maior parte das premiações dos críticos e eleger Jared Leto em "Dallas Buyers Club". O único concorrente real é Michael Fassbender por "12 Anos de Escravidão".

Atriz coadjuvante

Lupita Nyong'o tem ganho a maior parte dos prêmios por "12 Anos de Escravidão", mas o Globo de Ouro tem tudo para seguir o rastro da estrela e dar o prêmio para Jennifer Lawrence, por "Trapaça". 

 

Veja a lista de indicados ao Globo de Ouro 2014

Melhor filme de drama

"12 Anos de Escravidão"
"Capitão Phillips"
"Gravidade"
"Philomena"
"Rush: No Limite da Emoção"

Melhor filme de comédia/musical
"Trapaça"
"Ela"
"Balada de um Homem Comum"
"Nebraska"
"O Lobo de Wall Street"

Melhor direção
Alfonso Cuarón, por "Gravidade"
Paul Greengrass, por "Capitão Phillips"
Steve McQueen, por "12 Anos de Escravidão"
Alexander Payne, por "Nebraska"
David O. Russell, "Trapaça"

Melhor roteiro
John Ridley, por "12 Anos de Escravidão"
Spike Jonze, por "Ela"
Bob Nelson, por "Nebraska"
Jeff Pope Steve, por "Philomena"
David O. Russell, por "Trapaça"

Melhor atriz de drama
Cate Blanchett, por "Blue Jasmine"
Sandra Bullock, por "Gravidade"
Judi Dench, por "Philomena"
Emma Thompson, por "Walt nos Bastidores de Mary Poppins"
Kate Winslet, Labour Day

Melhor atriz de comédia/musical
Amy Adams, por "Trapaça"
Julie Deply, por "Antes da Meia-Noite"
Greta Gerwig, por "Frances Ha"
Meryl Streep, por "Álbum de Família"
Julia Louis-Dreyfus, "À Procura do Amor"

Melhor ator de drama
Chiwetel Ejiofor, por "12 Anos de Escravidão"
Idris Elba, por "Mandela: Long Walk to Freedom"
Tom Hanks, por "Capitão Phillips"
Matthew McConaughey, por "Dallas Buyers Club"
Robert Redford, por "All Is Lost"

Melhor ator de comédia/musical
Christian Bale, por "Trapaça"
Bruce Dern, por "Nebraska"
Leonardo DiCaprio, por "O Lobo de Wall Street"
Oscar Isaac, por "Balada de um Homem Comum"
Joaquin Phoenix, por "Ela"

Melhor atriz coadjuvante
Sally Hawkins, "Blue Jasmine"
Jennifer Lawrence, por "Trapaça"
Lupita Nyong'o, por "12 Anos de Escravidão"
Julia Roberts - "Álbum de Família"
June Squibb, por "Nebraska"

Melhor ator coadjuvante
Barkhad Abi, por "Capitão Phillips"
Daniel Brühl, por "Rush"
Bradley Cooper, por "Trapaça"
Michael Fassbender, por "12 Anos de Escravidão"
Jared Leto, por "Dallas Buyers Club"

Melhor animação
"Os Croods"
"Frozen - Uma Aventura Congelante"
"Meu Malvado Favorito 2"

Melhor filme estrangeiro
"Vidas ao Vento" (Japão)
"Azul É a Cor Mais Quente" (França)
"A Grande Beleza" (Itália)
"O Passado" (Irã)
"A Caça" (Dinamarca)

Melhor trilha sonora
"All Is Lost"
"Mandela: Long Walk to Freedom"
"Gravidade"
"A Menina Que Roubava Livros"
"12 Anos de Escravidão"

Melhor canção original
"Please Mr. Kennedy", de Ed Rush, George Cromarty, T Bone Burnett, Justin Timberlake, Joel Coen e Ethan Coen ("Balada de Um Homem Comum")
"Let It Go", de Kristen Anderson Lopez e Robert Lopez ("Frozen - Uma Aventura Congelante")
"Atlas", de Chris Martin/Coldplay ("Jogos Vorazes: Em Chamas")
"Ordinary Love", de U2 ("Mandela: Long Walk to Freedom")
"Sweeter Then Fiction", de Taylor Swift ("One Chance")

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
ANSA
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
AFP
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
Topo