Filmes e séries

Depois de ser preso por engano, Vinícius Romão viverá policial nos cinemas

Divulgação
Vinícius Romão viverá policial ao lado de Rafael Calomeni nos cinemas Imagem: Divulgação

Thays Almendra

Do UOL, em São Paulo

13/08/2014 16h23

Em fevereiro deste ano, o ator Vinícius Romão foi preso por engano no Rio de Janeiro após ser acusado de roubar e agredir uma mulher. Seis meses depois, os papéis se inverteram na ficção: ele deixou de ser o "acusado" para viver um policial truculento nos cinemas.  

Ao lado do ator Rafael Calomeni, Romão fará parte do longa-metragem "Me + You", que está sendo rodado no Rio de Janeiro e tem previsão de estreia para 2015. "É uma participação em duas cenas do filme: uma no centro do Rio e outra, na Lapa. Eu e o Calomeni somos dois policiais que não temos muito diálogo com as pessoas e somos mais truculentos mesmo", disse ele ao UOL.
 
Mesmo com um processo aberta contra o estado do Rio pela prisão injusta, o ator afirma que não se baseou em sua própria história para interpretar o papel e minimiza os acontecimentos. "Eu me baseie nos fatos que acontecem no dia a dia da polícia do Rio, e não exatamente no que eu passei. Até porque na minha prisão eu não sofri nenhum tipo de violência física, mas meu personagem é bem violento mesmo", explicou Romão, acrescentando que o filme é um retrato fiel da violência no país.

"Me + You" conta a história de uma mulher norte-americana com traços asiáticos que vai para o Rio de Janeiro e se apaixona por um bandido. Vinícius Romão adianta que ela passará por várias situações de perigo, já que o rapaz é mafioso e a mulher dá vida à mocinha da trama. "Assim que ela chega no Rio, já verá a realidade na primeira cena e vê a violência daqui".

Após o longa, o ator seguirá contando o que passou na prisão em palestras motivacionais. "Eu estou bem agora, voltando às aulas de teatro. Meus amigos me deram muito apoio. Já saio na rua normalmente, já vou para academia e já voltei as minhas atividades. Estou bem recuperado", disse ele, que também poderá ser visto em um clipe da cantora Marta Vaz.

Divulgação
Vinícius Romão será um policial truculento e sem diálogos em "Me + You" Imagem: Divulgação

Entenda o caso

Em 10 de fevereiro, Vinícius Romão foi acusado de supostamente ter roubado e agredido a copeira Dalva Maria da Costa Dantas, no Méier, zona norte carioca. O caso foi registrado na 25ª DP, no Engenho Novo e o ator foi encaminhado para a Casa de Detenção Patricia Acioli.

Mais tarde, em novo depoimento, Dalva afirmou que não tinha certeza quanto ao seu primeiro depoimento, o que levou o Tribunal de Justiça do Rio a expedir um alvará de soltura após 16 dias de prisão. Somente depois do Carnaval ele foi absolvido sumariamente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
UOL Cinema - Imagens
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
Topo