Cinema

Cinemas chineses terão serviço de troca de mensagens em tempo real na tela

Thinkstock
Cenas como esta devem se tornar ainda mais comuns na China imagem: Thinkstock

Do UOL, em São Paulo

Os cinemas da China estão tenstando um serviço que permite ao espectador fazer comentários sobre o filme via celular, com as mensagens sendo exibidas diretamente nas telas durante as exibições. A informação foi publicada pela revista "Hollywood Reporter".

Desenvolvido no Japão, o sistema, chamado "bullet screen", cobra do usuário uma taxa de cerca de US$ 0,10 por mensagem. Dessa forma, os cinéfilos podem comentar entre eles, em tela grande, o que gostam ou não gostam no filme.

A nova forma de interação deve ser implementada, ao menos primeiramente, em filmes cujo público é composto majoritariamente por jovens eadolescentes, que não conseguem desgrudar de tablets e smartphones.

A ideia do serviço é fazer os exibidores competirem de igual para igual com plataformas on-line que disponibilizam fimes em dispositivos móveis, algumas já com esse tipo de função de troca de mensagens em tempo real.

Segundo a publicação, o sistema será instalado em cidades como Pequin, Shangai e Hangzhou, e contará com uma espécie de censura para coibir mensagens não relacionadas ao filme, como protestos ou mensagens de cunho político.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo