Cinema

Filme sueco vence Festival de Veneza; "Birdman", de Iñárritu, é ignorado

Do UOL, em São Paulo

O sueco "A Pigeon Sat on a Branch Reflecting on Existence" ("Um pombo sentado num galho refletindo sobre a existência, em tradução livre), filme com enredo absurdo e belas vinhetas, segundo a revista "Variety", ganhou o Leão de Ouro, prêmio máximo do Festival de Veneza. 

O melhor filme do festival aborda dezenas de situações que dramatizam o lado grotesco do comportamento humano. Esse e os outros vencedores de um dos festivais mais tradicionais do mundo foram anunciados neste sábado (6).

"Birdman", comédia dramática do mexicano Alejandro Gonzales Iñárritu estrelada por Michael Keaton e Naomi Watts, era cotada para o prêmio de melhor filme, mas foi ignorada pelo júri. O filme conta a história de um ator que ficou famoso por interpretar um super-herói, mas que agora, em declínio, decidiu tentar recuperar sua antiga glória montando um espetáculo na Broadway.

O ator Adam Driver ("Girls") ficou com o prêmio de melhor ator por seu papel como um jovem pai preocupado com a nutrição do filho em "Hungry Hearts". Driver também poderá ser visto no novo "Star Wars". 

O diretor americano Joshua Oppenheimer, "The Look of Silence", um documentário sobre massacres na Indonésia na década de 1960 na sequência de um golpe comunista fracassado, ganhou o prêmio do júri de melhor filme.

Veja lista de vencedores:

Leão de Ouro, Melhor Filme:
A Pigeon Sat On A Branch Reflecting On Existence, dir: Roy Andersson (Suécia)

Leão de Prata, Melhor Diretor:
Andrei Konchalovsky, "The Postman’s White Nights" (Russia)

Grande Prêmio do Júri:
"The Look Of Silence", dir: Joshua Oppenheimer

Volpi Cup, Melohr Atriz:
Alba Rohrwacher, "Hungry Hearts"

Volpi Cup, Melhor Ator:
Adam Driver, "Hungry Hearts"

Marcello Mastroianni Award para Melhor Ator/Atriz Jovem:
Romain Paul, Le Dernier Coup De Marteau (France)

Melhor Roteiro:
Ghesseha; dir: Rakshan Banietemad (Iran)

Prêmio Especial do Júri:
Sivas, dir: Kaan Mujdeci (Turkey, Germany)

Leão do Futuro - para filmes estreante:
Court, dir: Chaitanya Tamhane

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo