PUBLICIDADE
Topo

George Clooney receberá prêmio pelo conjunto da obra no Globo de Ouro 2015

O ator e cineasta George Clooney, que receberá prêmio pelo conjunto da obra no Globo de Ouro 2015 - Reuters
O ator e cineasta George Clooney, que receberá prêmio pelo conjunto da obra no Globo de Ouro 2015 Imagem: Reuters

Do UOL, em São Paulo*

15/09/2014 16h56

O ator, diretor e produtor George Clooney, vencedor do Oscar, vai receber o prêmio Cecil B. DeMille, um Globo de Ouro honorário por sua contribuição ao cinema, disseram os organizadores do evento nesta segunda-feira (15).

Clooney, 53, um das principais figuras de Hollywood na tela e por trás das câmeras, será homenageado em janeiro no Globo de Ouro, um das mais importantes cerimônias de premiação do ano para cinema e televisão, organizada pela Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood.

Theo Kingma, o presidente da associação, disse que o prêmio vai para Clooney por suas "contribuições relevantes tanto em frente quanto atrás das câmeras".

Clooney é duas vezes vencedor do Oscar, como ator coadjuvante em "Syriana" e como produtor de "Argo", melhor filme de 2013. Ele também ganhou três Globos de Ouro, incluindo melhor ator no filme "Os Descendentes" em 2012 e em "E Aí, Meu Irmão, Cadê Você?" em 2001.

Este ano, ele lançou seu quinto filme como diretor, o drama da Segunda Guerra Mundial "Caçadores de Obras-Primas", e recentemente assinou com a Sony Pictures para dirigir "Hack Attack", sobre o escândalo das escutas telefônicas que envolveu políticos britânicos e figuras da mídia.

A premiação, que novamente terá Tina Fey e Amy Poehler como apresentadoras, será realizada no dia 11 de janeiro de 2015.

O prêmio Cecil B. DeMille é concedido anualmente pela Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood a indivíduos que demonstraram realizações marcantes no entretenimento cinematográfico e televisivo.

A lista de artistas agraciados com o prêmio em outros anos inclui Woody Allen em 2014, Jodie Foster em 2013 e Morgan Freeman em 2012.

* Com informações da agência Reuters