Cinema

"Branco Sai. Preto Fica" vence o 47º Festival de Brasília

Mariane Zendron

Do UOL, em Brasília

O filme "Branco Sai. Preto Fica", de Adirley Queirós, levou o prêmio de melhor filme e R$ 250 mil do Festival de Brasília 2014. A partir de uma ação violenta da polícia em 1986, o filme discute racismo e o isolamento da periferia de Brasília.

Assim que o prêmio máximo foi anunciado, foi informado que os diretores de todos os longas dividiriam o prêmio de R$ 250 mil em seis partes iguais. Argumentaram que há uma disparidade nos prêmios e isso incentiva uma competitividade entre as produções.

O melhor curta-metragem foi para"Sem Coração", de Nara Normande e Tião, que conta a história de uma menina que transava com os meninos de sua turma para ser aceita.

Com seis longas e 12 curtas na competição, o Festival de Brasília contou com dois filmes clássicos do cinema brasileiro na abertura e no fechamento: “Deus e o Diabo na Terra do Sol" (1964), de Glauber Rocha, e “Cabra Marcado para Morrer” (1984), de Eduardo Coutinho. O Festival ainda exibiu um curta inédito de Coutinho, cineasta morto em fevereiro deste ano.

No ano em que aboliu a separação entre documentário e ficção nas mostras competitivas, o Festival de Brasília trouxe justamente obras que misturavam os dois gêneros.

Em "Ela Volta na Quinta", o diretor André Novais Oliveira usou seus pais Maria José e Norberto, e seu irmão, Renato, para contar a história de um casal em crise. Toda os familiares emprestam seus nomes aos personagens, e o cenário é a casa da família.

"Ventos de Agosto", de Gabriel Mascaro, usa uma lógica parecida. O diretor escalou moradores de uma vila de pescadores para criar uma fábula sobre a relação com a vida e a morte. Já Brasil S/A, de Marcelo Pedroso, conta a história de um cortador de cana com um homem que já cortou cana na vida real.

Crescimento de público

O Festival de Brasília aumentou o incentivo à participação do público em sua 47ª edição. Além do tradicional Cine Brasília, as cidades de Sobradinho, Gama, Ceilândia e Taguatinga também receberam a mostra competitiva. Apesar de as cidades-satélites já terem sido incluídas em anos anteriores, as escolas públicas dessas regiões foram mais atuantes.

Espectadores e estudantes das quatro cidades, e também de Planaltina, foram incentivados a participar de debates com as equipes dos filmes, levadas aos campi da Universidade de Brasília, IESB e da Universidade Católica. O público que compareceu às sessões foi estimulado a votar nos filmes e assim se integrar ao Júri Popular.

Segundo o secretário-adjunto de Cultura do DF, Miguel Ribeiro, a iniciativa resultou em um aumento do público geral do festival, que passou de cerca de 20 mil em 2013, para 36 mil este ano. "A mudança foi fundamental porque a população também se apropriou do festival. O alcance que as obras tiveram também foi muito maior", disse Ribeiro ao UOL.

Veja lista dos vencedores do Festival de Brasília com respectivos prêmios em dinheiro:

Filme de curta-metragem

1.       Melhor montagem: "Sem Coração"  - R$ 10 mil

2.       Melhor som: "Geru" - R$ 10 mil

3.       Melhor trilha sonora:  "Loja de Répteis" - R$ 10 mil

4.       Melhor direção de arte: "Loja de Répteis" - R$ 10 mil

5.       Melhor fotografia: "Loja de Répteis" - R$ 10 mil

6.       Melhor roteiro: "Estátua!" - R$ 10 mil

7.       Melhor atriz: Maeve Jinkings por "Estátua!" - R$ 10 mil

8.       Melhor ator: Zé Dias por "Geru" - R$ 10 mil

9.       Melhor direção: Nara Normande e Tião por "Sem Coração" - R$ 15 mil

Júri Popular

10.   Melhor filme de curta-metragem: "Crônicas de Uma Cidade Inventada" R$ 25 mil

Filme de curta-metragem júri oficial

11.   Melhor filme de curta-metragem: "Sem Coração" - R$ 35 mil

Filme de longa-metragem

12.   Melhor montagem: Brasil S/A" - R$ 15 mil

13.   Melhor som: "Brasil S/A" - R$ 15 mil

14.   Melhor trilha sonora: "Brasil S/A" - R$ 15 mil

15.   Melhor direção de arte: "Branco Sai. Preto Fica" - R$ 15 mil

16.   Melhor fotografia: "Ventos de Agosto" - R$ 15 mil

17.   Melhor roteiro: "Brasil S/A" - R$ 15 mil

18.   Melhor atriz coadjuvante: "Élida Silpe" por "Ela Volta na Quinta" - R$ 10 mil

19.   Melhor ator coadjuvante: "Renato Novais" por "Ela Volta na Quinta" - R$ 10 mil

20.   Melhor atriz: "Dandara de Moraes" por "Ventos de Agosto" R$ 15 mil

21.   Melhor ator: "Marquim Do Tropa" por "Branco Sai. Preto Fica" - R$ 15 mil

47. Melhor direção: Marcelo Pedroso por "Brasil S/A" - R$ 30 mil

Júri Popular

48. Melhor filme de longa-metragem: "Sem Pena" - R$ 50 mil

Filme de longa-metragem júri oficial

49. Melhor filme de longa-metragem: "Branco Sai. Perto Fica" - R$ 250 mil

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo