Cinema

Em parceria inédita, Adam Sandler vai produzir quatro filmes na Netflix

Do UOL, em São Paulo

O ator Adam Sandler fechou uma parceria inédita com a Netflix, plataforma de filmes online. A empresa anunciou na quarta-feira (1) o lançamento exclusivo de quatro novos filmes, estrelados e produzidos pelo próprio ator.

Os filmes de Sandler já arrecadaram mais de US$ 3 bilhões (cerca de R$ 7,5 bilhões) no mundo em bilheteria e fizeram dele uma das maiores estrelas do cinema. O anúncio mostra que o serviço pode roubar uma grande fatia dos espectadores do cinema.

Dias antes, a Netflix já havia criado alvoroço ao anunciar a estreia de "O Tigre e O Dragão: A Lenda Verde", a sequência do filme de artes marciais de Ang Lee, no dia 28 de agosto de 2015, simultaneamente com as salas de cinema Imax.

A Netflix afirma que Adam Sandler é um dos poucos atores cujos filmes sempre estão entre os mais assistidos pelos usuários do serviço nos Estados Unidos e em outros territórios, com destaque para o Brasil e o Reino Unido.

"As pessoas adoram filmes de Adam no Netflix e muitas vezes eles assistem de novo e de novo. Seu apelo se estende por telespectadores de todas as idades - todo mundo tem um filme favorito, todo mundo tem uma fala favorita - e não apenas os EUA, mas em todo o mundo", disse Ted Sarandos, diretor de conteúdo da Netflix.

"Quando essas belas pessoas vieram a mim com uma oferta para fazer quatro filmes com eles, eu imediatamente disse que sim, por uma e única razão... Netflix rima com ‘Wet Chicks’ (garotas molhadas)” disse Sandler. "Que comece o streaming”, brincou.

O acordo envolve a produtora de Sandler, a Happy Madison Productions, que será responsável pelos quatro filmes.

Sandler começou sua carreira como um comediante stand-up e juntou-se "Saturday Night Live" como escritor. Produzir e escrever vários filmes, incluindo “O Rei da Água”, “O Paizão”, “Tratamento de Choque”, “Como se Fosse a Primeira Vez” e “Gente Grande”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo