Cinema

Mostra é oportunidade de ver raridades e clássicos de Welles e dos Taviani

Chico Fireman

Do UOL, em São Paulo

A Mostra de Cinema de São Paulo não é só uma ocasião de assistir às novidades do mundo todo, mas também traz a oportunidade de assistir pela primeira vez ou rever filmes clássicos, como o "Falstaff" de Orson Welles, e até raridades como o raríssimo documentário italiano "Anna", em que os cineastas Massimo Sarchielli e Alberto Grifi registram a readaptação de uma jovem de 16 anos grávida e viciada em drogas.

Selecionamos cinco clássicos imperdíveis da programação deste ano (clique para ver os horários dos filmes ou leia no fim do texto).

Cinco clássicos imperdíveis

  • Divulgação

    "Falstaff - O Toque do Medo" (1965), de Orson Welles

    Um dos filmes mais fascinantes e malditos de Welles, rodado na Espanha e estrelado pelo próprio diretor, ao lado de Jeanne Moreau. O cineasta compila as aparições de Sir John Falstaff nas peças de Shakespeare e cria uma narrativa sobre o personagem, que era um coadjuvante nos textos do bardo. O filme foi premiado em Cannes e Welles chegou a concorrer ao Bafta, o Oscar inglês, de melhor ator.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    "A Noite de São Lourenço" (1982), de Paolo e Vittorio Taviani

    Dentro da retrospectiva do produtor Marin Karmitz, um dos melhores filmes de Paolo e Vittorio Taviani volta aos cinemas. O longa se passa durante a Segunda Guerra, quando os moradores de um vilarejo decidem fugir ao ouvirem rumores sobre um ataque nazista e a chegada das tropas americanas. Grande Prêmio do Júri em Cannes. É a Noite de São Lourenço, a noite em que as estrelas ouvem nossos pedidos.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    "Gabbeh" (1996), de Mohsen Makhmalbaf

    O mais jovem dos clássicos da lista é uma pérola do cinema iraniano. Mohsen Makhmalbaf recria o Irã rural pós-Revolução Islâmica a partir de um casal de velhinhos que limpa seu gabbeh, uma espécie de tapete colorido que conta a história de um clã. Elementos mágicos e cores inacreditáveis ajudam a materializar essa história, encantadora, que virou clássico do circuito de arte nos anos 1990.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    "Anna" (1975), de Massimo Sarchielli e Alberto Grifi

    Versão restaurada de um raríssimo filme italiano. O longa registra a transformação na vida de Anna, uma jovem de 16 anos viciada em drogas, que está grávida. Ela é acolhida pelos cineastas, que documentam sua adaptação à nova vida, longe das ruas. Ela havia fugido de reformatórios, escapou de tentativas de suicídio e sofria de depressão. O longa teria sido o 1º filme rodado em vídeo na Itália.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    "O Espírito da Colmeia" (1973), de Victor Erice

    Este filme é de uma inteligência rara no cinema de qualquer época ou país. Victor Erice criou esta fábula em que a pequena Ana, uma menina de 7 anos, assiste ao clássico "Frankenstein", de James Whale. O diretor utiliza o cinema de terror para fazer um paralelo com a Espanha do general Franco e se apropria da fábula para criar para Ana um mundo que a protege de todo o horror que está a sua volta.

    Imagem: Divulgação

Serviço

"Falstaff - O Toque do Medo"
Qua. (29), às 16h10 - Espaço Itaú Augusta 4

"A Noite de São Lourenço"
Qui. (23), às 17h30 - Cinesesc
Ter. (28), às 19h30 - Belas Artes Sala SPCine
Qua. (29), às 14h - Espaço Itaú Frei Caneca 4

"Gabbeh"
Ter. (21), às 14h - Matilha Cultural
Qui. (23), às 16h - Sala Cinemário

"Anna"
Seg. (27), às 20h10 - Espaço Itaú Augusta 4
Ter. (28), às 14h - Matilha Cultural
Qua. (29), às 15h - CCSP Sala Lima Barreto

"O Espírito da Colmeia"
Qua. (22), às 16h15 - Espaço Itaú Frei Caneca 5
Dom. (26), às 15h - Cine Olido
Ter. (28), às 20h10 - Matilha Cultural

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo