PUBLICIDADE
Topo

Pré-estreia de "O Hobbit" é atração mais concorrida da Comic Con

Guilherme Solari

Do UOL, em São Paulo

07/12/2014 12h31

Quem quis acompanhar a pré-estreia de "O Hobbit – A Batalha dos Cinco Exércitos" na Comic Con teve que madrugar neste domingo (7). Mesmo a apenas quatro dias da estreia oficial da conclusão da trilogia de Peter Jackson, os fãs que conseguiram assistir ao longa chegaram ao evento às 7h. Richard Armitage, o rei dos anões Thorin Escudo-de-Carvalho, apresentou o filme para uma plateia afoita.

O terceiro filme da saga apresenta a conclusão da jornada de Bilbo Bolseiro, que une-se ao mago Gandalf e aos treze anões liderados por Thorin, com o objetivo de recuperar o Reino dos Anões de Erebor do temido dragão Smaug.

Em entrevista recente ao UOL, o britânico contou que teve de perseguir "as inconsistências" do personagem que, do primeiro ao terceiro longa, vai perdendo a sanidade, vítima do que J.R.R. Tolkien batizou em sua trama de "a doença do dragão", uma espécie de paranoia movida pela ganância em botar as mãos em um enorme tesouro.

Neste sábado, o ator usou seu Twitter para publicar um presente que tinha acabado de ganhar de um fã, uma camisa da seleção brasileira com seu nome. "Thorin é um brasileiro honorário, obrigado pela camisa. Mas o que significa o 10?", escreveu o ator em seu Twitter

Aos 43 anos e 1,88 m de altura - não, ele não é um anão na vida real, tudo não passa de truque de perspectiva feito pela equipe do filme. Antes de vir ao Brasil, o ator diz que durante as filmagens tenta evitar se influenciar pelos comentários dos fãs, mas que, uma vez concluído o trabalho, está pronto para voltar à mente perturbada de Thorin e responder por ele a quem interessar possa pelos "dois ou três anos" de promoção que virão pela frente.