Cinema

'Amélie Poulain' e criador de 'Mad Men' serão jurados do Festival de Berlim

Reprodução
Audrey Tautou (acima como "Amélie Poulain") e Matthew Weiner se juntarão a outros nomes conhecidos, como do ator alemão Daniel Brühl e do diretor Darren Aronofsky imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

A atriz de “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, Audrey Tautou, e o criador da série de TV “Mad Men”, Matthew Weiner, foram anunciados como os novos membros do júri internacional do Festival de Cinema de Berlim, que começa no próximo dia 5 de fevereiro.

Eles se juntarão aos já confirmados Daniel Brühl (ator de “Adeus, Lênin” e “Rush”), Bong Joon-ho (diretor sul-coreano de “Gwoemul - O Hospedeiro”), Martha De Laurentiis (produtora de “Hannibal”) e Claudia Llosa (diretora peruana de “A Teta Assustada”).

O júri ainda será presidido pelo diretor norte-americano Darren Aronofsky, de “Cisne Negro” e “Réquiem para um Sonho”.

Brasileiros em Berlim

O Festival de Berlim, que acontece entre 5 e 15 de fevereiro, é o primeiro dos grandes festivais europeus de cinema realizados anualmente. Na edição deste ano, contará com a presença de alguns brasileiros.

O curta-metragem "Mar de Fogo", dirigido pelo sul-mato-grossense Joel Pizzini, vai disputar o Urso de Ouro, premiação máxima do festival. A produção é um filme-ensaio experimental sobre as pulsões inventivas de Mário Peixoto, autor do longa "Limite" (1930), um clássico do cinema mudo nacional. O curta recria livremente a visão do cineasta ao conceber sua obra prima.

Dirigido pelos gaúchos Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, o longa "Beira-Mar" integra a sessão Forum da 65ª edição do festival. O filme, protagonizado pela dupla Mateus Almada e Maurício José Barcellos, se passa no litoral gaúcho durante o inverno e aborda conflitos inerentes à juventude e à sexualidade.

Walter Salles também estará presente com o documentário "Jia Zhangke, um Homem de Fenyang", obra sobre o trabalho do cineasta chinês conhecido por filmes como "Um Toque de Pecado" (2013) e "Em Busca da Vida" (2006).

A produção de Salles será exibida durante a mostra Panorama do festival, que exibe filmes inéditos na Europa e oferece prêmios escolhidos pelo público e pela crítica. Além do documentário, "Ausência", de Chico Teixeira, "Sangue Azul, de Lírio Ferreira, e "Que Horas Ela Volta?", de Anna Muylaert e estrelado por Regina Casé, também estarão na mostra.

Topo