Filmes e séries

Eddie Murphy deve viver o pai do comediante Richard Pryor em cinebiografia

Christopher Polk/Getty Images
Eddie Murphy recebe um tributo em forma de especial para TV (3/11/12) Imagem: Christopher Polk/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

13/03/2015 22h13

O ator Eddie Murphy está perto de ingressar no elenco na cinebiografia do lendário comediante Richard Pryor, que será dirigida por Lee Daniels. A informação é da revista "Variety".

Segundo o site da publicação, ele deve interpretar o pai de Pryor, que foi boxeador e veterano da Segunda Guerra Mundial. O papel principal ficará a cargo do também comediante Mike Epps.

O acordo de Murphy com o estúdio The Weinstein Company, no entanto, ainda não foi fechado oficialmente.

Morto em 2005, Pryor é considerado um mais influentes artistas de stand-up comedy. No Brasil, ficou famoso com suas participações em filmes como "Cegos, Surdos e Loucos" (1989), "Superman III" (1983) e  "Muppets - O Filme" (1979).

Daniels antecipou a parceria com Murphy nesta quinta (12), postando uma foto no Instagram ao lado do ator.

 

Strap in and brace yourself. They done let me and him out of our cages! #idonteventhinkimreadyforthisone! #excited #proud #OMG

A photo posted by Lee Daniels (@theoriginalbigdaddy) on


Eddie Murphy, que apareceu recentemente na edição especial de 40 anos do programa "Saturday Night Live", é um grande fã de Pryor desde a infância. Nos anos 1970, quando começou a carreira, chegou a fazer mitações do comediante,

“Richard é um daqueles que me fizeram virar comediante. Quando eu era pequeno, costumava fugir para o meu porão e colocar os discos de comédia dele para tocar", disse Murphy, anteriomente, à revista.

O próximo filme de Murphy, o drama "Cook", deve estrear ainda este ano nos Estados Unidos. Em 2016, ele voltará a interpretar o policial Axel Foley em "Um Tira da Pesada 4".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
Cinema
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
Chico Barney
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski

Roberto Sadovski

As 25 melhores histórias em quadrinhos da Liga da Justiça

Pincelar as melhores histórias da Liga da Justiça é um trabalho complexo. Não pela falta de qualidade, mas pelo contraste: muita coisa entre os primórdios da equipe e o final dos anos 80 tem mais valor por sua inegável importância histórica do que por seus predicados artísticos. O gibi da Liga, afinal, viveu por anos na sombra da animação Superamigos, e isso deixou o tom das histórias mais ingênuo e infantil até a reformulação pós-Crise nas Infinitas Terras. Mas garimpar todas as fases em décadas de aventuras trouxe boas surpresas e ótimas descobertas - além do perceber que, em boas, mãos, a Liga pode ser incrível! A leitura rendeu algumas conclusões. Primeiro, não há absolutamente nada errado em usar histórias de super-heróis para fazer humor! Segundo, o horrendo período dos Novos 52, que privilegiou forma, ignorou substância e fez um flashback sinistro dos primórdios da Image Comics nos anos 90 (urgh), não foi tão cruel com a Liga. Terceiro, pouca gente escreve e entende os herói tão bem quanto Grant Morrisson e Mark Waid. No mais, a Liga da Justiça, em usas diversas encarnações, ainda é aposta certeira quando o assunto é entretenimento - afinal, só uma equipe criativa muito canhestra poderia melar uma mistura de personagens e personalidades e superpoderes tão diversa e tão bacana! Acredite, se os super-heróis mais lendários do mundo sobreviveram a Extreme Justice, nada é capaz de derrotá-los!

Cinema
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
TV e Famosos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo