Cinema

Diretor de "Ted" ganha ação sobre violação de direitos autorais

Divulgação / Universal
O ursinho Ted faz uma festa com drogas, álcool e prostitutas imagem: Divulgação / Universal

Do UOL, em São Paulo

O diretor da comédia "Ted", Seth MacFarlane, ganhou nesta segunda-feira (23) uma ação movida contra ele sobre plágio na criação do ursinho Ted. A informação foi publicada no site de entretenimento "The Wrap". 

O personagem é um ursinho de pelúcia que ganhou vida após um garotinho desejar que ele fosse "seu melhor amigo". Desde então, Ted nunca mais parou de falar e passou a conviver em um mundo com humanos. O problema é que Ted amadureceu e, já adulto, passou a beber, fumar, falar palavrões e sair com prostitutas. 
 
A ação foi movida por Bengal Mangle Productions, que alegou que o personagem Ted foi derivado de "Charlie", um urso de pelúcia com as mesmas características de Ted. 
 
O juiz da corte distrital da Califórnia negou o caso de plágio após se convencer que MacFarlane e seus assessores produziram a história de maneira independente da outra e que Ted não foi copiado de Charlie. 
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo