Filmes e séries

Curta do interior de SP é finalizado com dinheiro de rifa e vai para Cannes

Divulgação
O estudante David Martins, de 14 anos, morador de Rio Claro (SP), estrela o curta "Command Action" Imagem: Divulgação

Tiago Dias

Do UOL, em São Paulo

21/04/2015 12h13

Um dos poucos representantes brasileiros no Festival de Cannes deste ano vem do interior de São Paulo e chegou ao olimpo do cinema após ser finalizado com o dinheiro arrecadado em rifas.

O curta-metragem nacional “Command Action”, dirigido por João Paulo Miranda Maria e produzido pelo Coletivo Kino-Olho, será exibido na Semana da Crítica, mostra paralela dedicada aos primeiros e segundos filmes de cineastas do mundo todo, a ser realizada entre os dias 14 e 22 de maio.

A história de 14 minutos se passa em uma feira popular no periférico bairro de Cervezão, em Rio Claro, no interior de São Paulo, e acompanha um
garoto que vai comprar legumes para a família, quando se depara com um robô de brinquedo feito no Paraguai chamado Command Action.

O protagonista é feito pelo estudante David Martins, 14 anos, morador de Rio Claro. Martins foi escolhido entre vários alunos da rede municipal. A ideia era integrar os moradores à produção e trazer espontaneidade à história. "Fizemos uma seleção, e o engraçado é que ele tinha vários problemas na escola, várias advertências. A gente cobrou dele outro comportamento", diz o diretor João Paulo Miranda Maria. O estímulo funcionou. “Ele já estava melhorando. Agora com a seleção [de Cannes], nós demos autoestima. Aí você vê que é tudo questão de autoestima, de ser alguém", conta o diretor.

Mesmo com apoio da Prefeitura de Rio Claro, "Comand Action" foi feito a toque de caixa. “Fizemos com metodologia própria. Conseguimos R$ 28 mil pela a Lei Rouanet, mas estamos com dificuldade de conseguir captar. Só conseguimos de R$ 3 mil a R$ 5 mil.” A solução foi vender rifas pela cidade. Dessa forma, a equipe conseguiu mais R$ 1,5 mil para finalizar o filme.

Semana da Crítica
A Semana da Crítica também anunciou na segunda-feira (20), os longas selecionados. Competem dois filmes de diretores latinos coproduzidos pelo Brasil. O argentino Santiago Mitre concorrerá com seu segundo filme,  “Paulina” (La Patota), uma coprodução com Brasil e França, e o colombiano César Augusto Acevedo assistirá à estreia de seu primeiro filme, “La Tierra y la Sombra”, que também tem o Brasil como coprodutor.

Command Action, cuja estreia mundial será em Cannes, competirá com outros nove filmes de curta ou média metragens de países como a Suécia, França, Indonésia, Estados Unidos, Romênia e Itália, selecionados de uma lista de 1.750 títulos. O júri da Semana da Crítica será presidido pela atriz e diretora israelense Ronit Elkabetz.

A 68ª edição do Festival de Cannes acontecerá de 13 a 24 de maio.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

do UOL
do UOL
AFP
Reuters
AFP
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Blog do Barcinski
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
AFP
AFP
AFP
do UOL
do UOL
do UOL
Topo