Cinema

Cannes anuncia mais nove filmes que farão parte da programação em maio

Divulgação
Entre os novos participantes anunciados, estão longas europeus, latinos e asiáticos imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

A organização do Festival de Cannes anunciou nesta quinta-feira (23) mais nove filmes que faltavam para completar a programação oficial do evento, que será realizado de 13 e 24 de maio, na França. Na disputa à Palma de Ouro de 2015, entram na lista os candidatos “Chronic” (“Crônico”), do diretor mexicano Michel Franco, e “Valley of Love” (“Vale do Amor”), do francês Guillaume Nicloux.

Além disso, a produção “Love” (“Amor”), do cineasta argentino Gaspar Noé, vai integrar as sessões da meia-noite, enquanto a mostra Un Certain Regard (Um Certo Olhar) terá mais cinco concorrentes: o filme “AN: Sweet Red Bean Paste” (“AN: Pasta Doce de Feijão Vermelho”), da japonesa Naomi Kawase, que deverá abrir a mostra; a fábula de sonhos “Cemetery of Splendor” (“Cemitério do Esplendor”), do tailandês Apichatpong Weerasethakul; “Taklub” (um tributo aos sobreviventes do tufão Yolanda), do filipino Brillante Mendoza; “Alias María”, do colombiano José Luis Rugeles Gracia; e “Lamb” (“Cordeiro”), do etíope Yared Zeleke. O júri da mostra Um Certo Olhar será comandado pela atriz e diretora italiana Isabella Rossellini.

Haverá, ainda, a exibição de “Une Histoire de Fou" (“Uma História de Louco”), do diretor francês Robert Guédiguian, nas sessões especiais.

O anúncio adicional desses nove filmes foi feito pelo delegado-geral de Cannes, Thierry Frémaux, e ocorre uma semana após a lista do festival ter sido apresentada em Paris. Essa divulgação de última hora promete acirrar ainda mais a disputa pelos prêmios do evento, que agora tem 49 filmes na competição e quatro fora dela.

O júri de Cannes será presidido pelos irmãos Joel e Ethan Coen, e terá ainda o diretor mexicano Guillermo del Toro ("O Labirinto do Fauno", "A Espinha do Diabo"), o cineasta canadense Xavier Dolan "(Mommy", "Laurence Anyways"), o ator americano Jake Gyllenhaal (de "O Segredo de Brokeback Mountain" e "O Abutre"), as atrizes Sienna Miller (EUA), Sophie Marceau (França) e a musa de Almodóvar Rossy de Palma (Espanha), além da cantora e compositora Rokia Traoré (Mali).

As quatro mulheres e os cinco homens que farão parte do júri de Cannes terão os mesmos direitos a voto. A tarefa da comissão será avaliar os filmes competidores e selecionar os vencedores, que terão direito às Palmas de Ouro. Os ganhadores serão divulgados na cerimônia de encerramento do festival, no domingo, 24 de maio.

Confira abaixo a lista completa da programação do Festival de Cannes:

Competição
"La Tête Haute" (Standing Tall), de Emmanuelle Bercot (abertura; fora da competição) (França)
"Dheepan" (título temporário), de Jacques Audiard (França)
"La Loi du Marché" (A Simple Man), de Stéphane Brizé (França)
"Marguerite et Julien", de Valérie Donzelli (França)
"Il Racconto dei Racconti" (The Tale of Tales), de Matteo Garrone (Itália/França/Inglaterra)
"Carol", de Todd Haynes (EUA)
"Nie Yinniang" (The Assassin), de Hou Hsiao Hsien (Taiwan)
"Shan He Gu Ren" (Mountains May Depart), de Jia Zhang-Ke (China/Japão)
"Umimachi Diary" (Our Little Sister), de Hirokazu Kore-Eda (Japão)
"Macbeth", de Justin Kurzel (Inglaterra)
"The Lobster", de Yorgos Lanthimos (Grécia/França/Holanda/Inglaterra/Irlanda)
"Mon Roi", de Maïwenn (França)
"Mia Madre", de Nanni Moretti (Itália/França)
"Saul Fia" (Son of Saul), de László Nemes (Hungria) (primeiro filme)
"La Giovinezza" (Youth), de Paolo Sorrentino (Itália/França/Suíça/Inglaterra)
"Louder than Bombs", de Joachim Trier (Dinamarca/Noruega/França/EUA)
"The Sea of Trees", de Gus Van Sant (EUA)
"Sicario", de Denis Villeneuve (EUA)
“Chronic”, de Michel Franco
“Valley of Love”, de Guillaume Nicloux

Um Certo Olhar
"Masaan" (Fly Away Solo), de Neeraj Ghaywan (primeiro filme)
"Hrútar" (Rams), de Grímur Hákonarson
"Kishibe no Tabi" (Journey to the Shore), de Kiyoshi Kurosawa
"Je Suis un Soldat" (I Am a Soldier), de Laurent Larivière (primeiro filme)
"Zvizdan" (The High Sun), de Dalibor Matanic
"The Other Side", de Roberto Minervini
"Un Etaj Mai Jos" (One Floor Below), de Radu Muntean
"Mu-Roe-Han" (The Shameless), de Seung-Uk Oh
"Las Elegidas" (The Chosen Ones), de David Pablos
"Nahid", de Ida Panahandeh (primeiro filme)
"Comoara" (The Treasure), de Corneliu  Porumboiu
"Chauthi Koot" (The Fourth Direction), de Gurvinder Singh
"Madonna", de Suwon Shin
"Maryland", de Alice Winocour
“AN: Sweet Red Bean Paste”, de Naomi Kawase
“Cemetery of Splendor”, de Apichatpong Weerasethakul
“Taklub”, de Brillante Mendoza
“Alias María”, de José Luis Rugeles Gracia
“Lamb” (“Cordeiro”), de Yared Zeleke

Sessões da meia-noite
"O Piseu" (Office), de Won-Chan Hong (primeiro filme)
"Amy", Asif Kapadia
“Love”, de Gaspar Noé

Sessões especiais
"Oka", de Souleymane Cisse
"Hayored Lema'Ala", Elad Keidan (primeiro filme)
"Sipur al Ahava ve Choshech" (A Tale of Love and Darkness), de Natalie Portman (primeiro filme)
"Amnesia", de Barbet Schroeder
"Panama", Pavle Vuckovic (primeiro filme)
"Asphalte", de Samuel Benchetrit
"Une Histoire de Fou", de Robert Guédiguian

Fora de competição
"Mad Max: Estrada da Fúria", de George Miller
"O Homem Irracional", de Woody Allen
"Divertida Mente", de Pete Docter e Ronaldo Del Carmen
"O Pequeno Príncipe", de Mark Osborne
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo