Filmes e séries

Buena Vista Social Club terá sequência com diretora de Lixo Extraordinário

Divulgação
Imagem do filme "Buena Vista Social Club", de Wim Wenders Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

04/05/2015 11h53

Uma sequência do filme “Buena Vista Social Club”, dirigido pelo alemão Wim Wenders e indicado ao Oscar de melhor documentário em 2000, está em produção, publicou nesta segunda-feira (4) o site do jornal britânico “The Guardian”.

Com o título de “Buena Vista Social Club – Adios”, o novo filme será dirigido pela diretora de “Lixo Extraordinário”, a inglesa Lucy Walker. Se o documentário original mostrava o guitarrista americano Ry Cooder em uma tentativa de reunir uma banda de lendários músicos cubanos, a sequência mostrará os altos e baixos pessoais e profissionais dos cinco remanescentes originais do grupo desde a sua turnê de 1999, com foco em uma nova série de concertos da banda em Havana.

O nome Buena Vista Social Club veio de um clube que pertencia a integrantes do grupo, fechado em 1940. A banda foi inicialmente revivida como uma colaboração entre Ry Cooder e o líder do Buena Vista, Juan Marcos Gonzáles, que convocaram outros célebres músicos cubanos para gravar um álbum em apenas seis dias.

O disco se tornou fenômeno de vendas em todo o mundo, e a banda realizou apresentações em Amsterdã e no Carnegie Hall de Nova York, que foram filmadas por Wenders para o documentário. O filme, que ainda contava com entrevistas dos músicos veteranos, arrecadou US$ 23 milhões no mundo inteiro.

“Lixo Extraordinário”, de Lucy Walker, também foi indicado ao Oscar de melhor documentário, em 2011, ao retratar o trabalho do artista plástico brasileiro Vik Muniz em um dos maiores aterros sanitários do mundo: o Jardim Gramacho, na periferia do Rio de Janeiro, onde ele fez parceria com um grupo de catadores de materiais recicláveis, transformando o lixo recolhido no local em obras de arte. 

“Buena Vista Social Club – Adios” deve começar a ser rodado em julho, segundo a revista “Variety”.  O filme é produzido pela empresa Broad Green, com base em Los Angeles, e pela companhia Mister Smith, de Londres, e será negociado com possíveis compradores durante o festival de Cannes deste ano. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
EFE
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
Da Redação
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
Reuters
Roberto Sadovski
do UOL
Cinema
EFE
do UOL
UOL Jogos
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
Cinema
do UOL
do UOL
Roberto Sadovski
UOL Entretenimento
do UOL
UOL Jogos
Cinema
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo