Cinema

"Vingadores 2" atinge US$ 1 bilhão em pouco mais de 20 dias de exibição

Do UOL, em São Paulo

"Vingadores: Era de Ultron" vai para seu terceiro final de semana em cartaz nos Estados Unidos com a previsão de atingir US$ 1 bilhão já nesta sexta-feira (15), de acordo com o site da revista "Variety".

Com isso, o segundo filme da saga torna-se o terceiro da Marvel a alcançar tal marca, seguindo o primeiro "Vingadores", em 2012, e "Homem de Ferro 3".

"Velozes e Furiosos 7", alcançou o número com pouco mais de duas semanas em cartaz e se tornou o filme que mais rápido a alcançar US$ 1 bilhão.

Na trama do novo "Vingadores", Tony Stark bolou um plano para não precisar mais vestir a armadura de Homem de Ferro e dar um descanso para os heróis Capitão América, Thor, Viúva Negra, Gavião Arqueiro e Hulk.

A solução é Ultron, uma inteligência artificial criada para avaliar e identificar ameaças e dirigir a Legião de Ferro de Stark para combatê-las. O problema é que Ultron não tem o componente humano, e sua inteligência superior logo avalia que o mundo ficaria muito melhor sem seus piores inimigos: os humanos.

Confira as 10 maiores bilheterias do mundo:

1- "Avatar" (2009)
2- "Titanic" (1997)
3- "Os Vingadores" (2012)
4- Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 (2011)
5- "Frozen - Uma Aventura Congelante" (2013)
6- "Homem de Ferro 3" (2013)
7- "Velozes e Furiosos 7" (2015)
8- "Transformers: O Lado Oculto da Lua" (2011)
9- "O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei" (2003)
10 - "007 - Operação Skyfall" (2012)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo