Cinema

Diretor de "Sin City" comandará filme baseado no desenho "Jonny Quest"

Divulgação/Hanna Barbera
Bandit, Jonny Quest, Radji, Dr. Benton Quest e Race Bannon estarão nas telas do cinema dirigidos por Robert Rodriguez imagem: Divulgação/Hanna Barbera

Do UOL, em São Paulo

O diretor Robert Rodriguez, de sucessos como "Um Drink no Inferno" e "Sin City", irá adaptar o clássico desenho animado da Hanna-Barbera "Jonny Quest" para os estúdios da Warner Bros.

Junto a Terry Rossio, cujos créditos incluem filmes como "Piratas do Caribe" e "A Máscara do Zorro", Rodriguez está reescrevendo o roteiro, inicialmente escrito por Dan Mazeau. Rodriguez estará na direção.
 
"Jonny Quest" foi um dos desenhos que passavam no horário nobre da rede ABC em 1964 e foi produzido pelo estúdio de animações Hanna-Barbera. Os sobrenomes são da dupla William Hanna e Joseph Barbera, criadores de personagens como Zé Colméia, Pepe Legal, Lippy & Hardy, Manda-Chuva, Herculóides, Flintstones, Jetsons entre inúmeros outros.
 
Direcionado a um público pré-adolescente, "Jonny Quest", contava as aventuras de Jonny, um menino que acompanha seu pai, o dr. Benton Quest, em missões globais. Com eles, em histórias que incluem robôs, múmias, bases submarinas secretas, estão sempre sua equipe de apoio: Hadji, um órfão de Calcutá, que é seu melhor amigo, seu cachorro Bandit e agente do governo e guarda-costas Race Bannon.
 
O filme estava próximo de ser lançado em 2010, com Zac Efron como Quest e Dwayne Johnson como Bannon.
 
O show durou apenas uma temporada e foi cancelado porque era caro para produzir, mas passou dar lucro nas décadas seguintes.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo