Cinema

Ator de "A Teoria de Tudo" vai estrelar filme derivado de "Harry Potter"

Getty Images
O ator Eddie Redmayne, vencedor do Oscar 2015 pela atuação em "A Teoria de Tudo" imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

Vencedor do Oscar 2015 de melhor ator por “A Teoria de Tudo”, o britânico Eddie Redmayne, 33 anos, será o protagonista do filme “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, derivado da série "Harry Potter". Dirigida por David Yates, que esteve à frente dos quatro últimos longas da franquia do bruxinho, a produção se baseará no livro homônimo lançado pela escritora J. K. Rowling em 2001.

A obra é uma espécie de “versão real” de um dos livros didáticos que os personagens da série leem em Hogwarts. O filme, que tem previsão de estreia para novembro de 2016, deve se passar em Nova York, cerca de 70 anos antes das aventuras de Harry Potter e sua turma.

O foco da trama será o personagem vivido por Redmayne, o escritor Newt Scamander –pseudônimo usado por Rowling também na assinatura do livro. Como Scamander, o britânico será um estudioso de "magizoologia" que escreve o livro didático “Animais Fantásticos e Onde Habitam”, usado em Hogwarts.

Em fevereiro, Redmayne ganhou a estatueta do Oscar por sua brilhante atuação na pele do físico britânico Stephen Hawking, 73 anos, que há mais de meio século sofre com uma doença degenerativa chamada esclerose lateral amiotrófica (ELA).

Ainda há outros dois papéis importantes do filme em jogo: o da personagem Queenie e o de sua irmã mais velha, Tina. O primeiro é disputado por Saoirse Ronan, Lili Simmons, Dakota Fanning e Alison Sudol, enquanto o segundo pode ficar com Elizabeth Debicki, Katherine Waterston ou Kate Upton.

A estreia do longa de Yates deve coincidir com “Star Wars: Rogue One”, o que promete uma competição bastante acirrada por bilheteria no fim de 2016.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo