Cinema

"Terremoto" resiste às estreias e continua em 1° lugar nas bilheterias

Do UOL, em São Paulo

"Terremoto: A Falha de San Andreas", novo filme do ator Dwayne Johnson, resistiu às estreias e terminou o fim de semana com a maior bilheteria dos cinemas brasileiros. O longa do diretor Brad Peyton, que mostra as consequências catastróficas de um tremor na Califórnia, faturou R$ 2.927.612, com público de 557.732 espectadores. Os dados, referentes ao período entre quinta (4) e domingo (7), são da empresa de monitoramento Rentrak.

Em segundo no ranking do fim de semana aparece o novo "Tomorrowland - Um lugar Onde Nada é Impossível", estrelado por George Clooney, que somou R$ 1,6 milhões e 341,8 mil pessoas. Em terceiro, a comédia nacional "Qualquer Gato Vira-Lata 2", com R$ 1,2 milhões e 271,2 mil ingressos vendidos.

Na quarta e quinta colocações estão "Mad Max: Estrada da Fúria" (R$ 909,4 mil e 177,4 mil) e a comédia "A Espiã que Sabia de Menos" (R$ 885,3 mil e 198,9 mil).

Completam a lista das dez maiores bilheterias do fim de semana no Brasil "Os Vingadores 2: A Era de Ultron", "Poltergeist - O Fenômeno", "Trocando os Pés", a final da UEFA Champions League 2015, que foi exibida ao vivo nos cinemas, e "A Incrível História de Adaline".

Juntos, as dez atrações mais vistas somaram R$ 9,8 milhões e público de 2 milhões de pessoas, contra R$ 23,6 milhões e 1,5 milhão de espectadores na semana anterior.

Já nos cinemas dos Estados Unidos e Canadá, "A Espiã que Sabia de Menos" terminou em primeiro lugar, com bilheteria de US$ 30 milhões.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo