Cinema

Atualizada em 10.06.2015 08h28

Paleontólogo cria dinossauro modificado em laboratório para Jurassic World

Do UOL, em São Paulo

O paleontólogo Jack Horner, que desde 1993 orienta cientificamente a produção da saga "Jurassic Park", criou uma nova espécie para o filme "Jurassic World", que chega aos cinemas nesta quinta-feira (11). "O dinossauro mais interessante do filme nunca existiu", disse o cientista em vídeo divulgado pela produção.

Chamado de Indominus Rex (I-Rex), é uma espécie produzida em laboratório por meio de experiências genéticas para ser maior e mais veloz que o Tiranossauro Rex. "Jack disse que, se o dinossauro fosse geneticamente manipulado, não haveria limites para o que ele pudesse fazer. Acabamos com uma coisa incrível, malvada e feroz, mas que obviamente, é um erro horrível", conta o diretor Colin Trevorrow.

O novo filme é baseado nos personagens criados por Michael Crichton com história de Rick Jaffa e Amanda Silver. O longa, que tem roteiro de Rick Jaffa, Amanda Silver, Derek Connolly, além do próprio Trevorrow, conta no elenco com Bryce Dallas Howard, Ty Simpkins, Nick Robinson, Irrfan Khan, Vincent D’Onofrio, Jake Johnson, Omar Sy, BD Wong e Judy Greer.

"Jurassic World" é o quarto filme da saga, antecedido por "Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros" (1993), "O Mundo Perdido: Jurassic Park" (1997) e "Jurassic Park 3" (2001).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo