Filmes e séries

Produtor de "Rocky" e "Touro Indomável", Robert Chartoff morre aos 81 anos

Charley Gallay/Getty Images
O produtor norte-americano Robert Chartoff em imagem de junho de 2007 Imagem: Charley Gallay/Getty Images

Curtis Skinner

De San Francisco, nos EUA

O produtor norte-americano Robert Chartoff, nome por trás de filmes de sucesso como os cinco longas da saga "Rocky" (de 1976 a 1990) e "Rocky Balboa" (2006), com Sylvester Stallone, e "Touro Indomável" (1980), com Robert De Niro, morreu na última quarta-feira (10), na Califórnia, aos 81 anos.

A filha de Chartoff, Julie Chartoff, disse à rede CNN que o pai morreu em casa, em Santa Monica, cercado pela família. "Ele era um pai e uma pessoa maravilhosos. Não há palavras", declarou.

Nascido em 26 de agosto de 1933, Chartoff dividiu em 1977 o Oscar de Melhor Filme com seu parceiro Irwin Winkler pelo primeiro "Rocky", escrito e estrelado por Stallone. A dupla então seguiria para produzir os demais longas da série.

O produtor também foi indicado ao segundo Oscar, em 1981, por produzir o filme "Touro Indomável", de Martin Scorsese, sobre o pugilista meio-pesado Jake La Motta. Durante as gravações, De Niro precisou engordar 30 quilos, para interpretar o lutador após a aposentadoria. Para que desse tempo de o ator ganhar peso, as filmagens foram suspensas por dois meses. Pelo papel, De Niro levou a estatueta do Oscar e o Globo de Ouro de Melhor Ator em 1981.

O filme mais recente produzido por Chartoff , "Creed", é uma continuação da série "Rocky" e está em fase de pós-produção. Nele, Stallone viverá novamente o personagem mais famoso de sua carreira, mas o enredo se concentra na história de Adonis Creed, neto do personagem Apollo Creed (presente no "Rocky" 1 ao 4), amigo e ex-adversário do "Garanhão Italiano".

O novo longa será estrelado por dois pugilistas que estão em atividade no boxe profissional: Andre Ward e Tony Bellew. Já Adonis será interpretado pelo ator Michael B. Jordan. A direção é de Ryan Coogler, que conduziu as filmagens em Las Vegas e na Filadélfia no início do ano.

AP
Os produtores Robert Chartoff (dir.) e Irwin Winkler com Stallone ao receber o Globo de Ouro por "Rocky", em 1977 Imagem: AP

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
AFP
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
UOL Cinema - Imagens
do UOL
redetv
do UOL
EFE
Colunas - Flavio Ricco
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
Cinema
redetv
redetv
redetv
redetv
Blog do Nilson Xavier
do UOL
Reuters
EFE
AFP
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Da Redação
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo