Cinema

Tom Hanks negocia fazer papel de piloto que pousou avião no rio Hudson

Getty Images
O capitão Cheley "Sully" Sullenberger e Tom Hanks, que negocia fazer o papel do piloto no cinema imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

Tom Hanks está em negociações para viver no cinema o capitão Cheley “Sully” Sullenberger, piloto que pousou um avião comercial no rio Hudson, em Nova York, em 2009, informou na noite desta sexta-feira o site The Wrap. Na ocasião, o piloto salvou a vida de 155 pessoas, entre passageiros e tripulação.

Recentemente, foi noticiado que o estúdio Warner contratou Clint Eastwood para dirigir o filme. A notícia de que Hanks, ator que já ganhou dois Oscars, fará o papel do piloto foi dada por uma fonte próxima à produção, segundo o The Wrap.

O roteiro do longa, que também será produzido por Eastwood, ficará a cargo de Todd Komarnicki, baseado no livro "Highest Duty: My Search for What Really Matters", de Sullenberger e Jeffrey Zaslow.

Ainda sem previsão lançamento, o filme promete revelar os bastidores e antecedentes do pouso nas águas do rio, que rendeu a Sullenberger o status de herói nacional nos Estados Unidos.

Com uma manobra precisa, ele aterrissou um Airbus A320 da US Airways sobre as águas do rio Hudson, oeste de Manhattan, com a frente do avião voltada para cima.

Isso impediu que a aeronave submergisse imediatamente, permitindo o resgate dos passageiros. No momento do pouso, a temperatura estava abaixo dos -6º C.

Veja abaixo uma reportagem da época que mostra o vídeo do pouso de emergência.  

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo