Filmes e séries

Animação dá mais trabalho do que filme com atores; conheça o processo

Natalia Engler

Do UOL, em Emeryville (Califórnia)

Fazer uma boa animação para os cinemas não é simples. Se por um lado é mais complicado lidar com o ego das estrelas, por outro um longa animado precisa de um novo universo inteiro construído no computador, de cada fio de cabelo dos personagens a detalhes de cenários. E custa caro! Enquanto uma grande produção como "Malévola", com Angelina Jolie no elenco, custou US$ 180 milhões, os filmes da Pixar costumam ficar acima dos US$ 200 milhões.

Em "Divertida Mente", nova animação da Pixar em cartaz nos cinemas, os artistas inventaram que os personagens principais -as emoções dentro da cabeça da garotinha Riley-- teriam a pele feita de milhares de partículas de energia, sem a aparência uniforme da pele humana. Foi preciso criar todo um novo software só para dar conta dessa nova ideia.

Para entender como funciona toda a produção de uma animação de um dos principais estúdios do mundo, o UOL foi a Emeryville, na área metropolitana de San Francisco, para contar como "Divertida Mente" demorou cinco anos para sair da cabeça do diretor Pete Docter e chegar a uma tela perto de você. Veja o processo no álbum abaixo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
EFE
EFE
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
EFE
EFE
Colunas - Flavio Ricco
Blog do Barcinski
Roberto Sadovski
redetv
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Jogos
Reuters
do UOL
EFE
do UOL
do UOL
AFP
Reuters
do UOL
Reuters
do UOL
Da Redação
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
Blog do Matias
do UOL
AFP
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
Topo