Filmes e séries

Não é todo o mundo que ama os Minions. Há quem odeie, e muito

Felipe Blumen

Do UOL, em São Paulo

08/07/2015 20h24

Desde que apareceram como coadjuvantes na animação “Meu Malvado Favorito”, em 2010, os Minions foram, aos poucos, dominando o mundo. Hoje, a presença deles é constante em lojas de brinquedos, redes sociais, barracas de camelô e tudo quanto é lugar. De alimentos a bonequinhos, de cuecas infantis (e adultas, por incrível que pareça) a mensagens de autoajuda, as pequenas criaturas amarelas com formato de supositório tomaram conta do mercado.

E, com a estreia de “Minions”, filme protagonizado pelos personagens --que entrou em cartaz em junho--, a vida se tornou difícil para as pessoas que não aguentam mais o contato com esses seres de fala restrita e tendências à comédia pastelão. Sentimentos diversos, de cansaço a ódio, começam a surgir nas redes sociais com piadas de humor negro, gozações e até mesmo juras de ódio aos amarelos.

Eu odeio

Divulgação
Sandálias que trazem caras de Minions desenhadas Imagem: Divulgação
Para o estudante Vilhem Anderson, 15 anos, “os Minions são usados como exemplo de criaturas adoráveis e fofas, mas a antiga palavra inglesa ‘minion’ é a definição de capanga, escravo, lacaio, entre muitos outros significados neste sentido. Ou seja, os Minions são escravos dos vilões. Quando tomados como criaturas amáveis e adoráveis, isso se torna uma completa hipocrisia. Isso sem falar no fato de serem usados frequentemente na área comercial.”

Anderson, que é criador da página do Facebook “Eu Odeio os Minions e Vou Matá-los”, com 2.557 curtidas, diz que, a princípio, apenas teve a ideia expressar seu repúdio aos personagens e passar uma mensagem: “Eu desejo que as crianças tenham a oportunidade de viver uma infância que não seja manipulada pelos produtos do cinema e da televisão. Não só pelos Minions, mas por todos os conteúdos atuais da TV infantil”.

Outros "haters" dos Minions preferem expressar seu ódio na internet usando bonecos e artigos relacionados a eles como válvula de escape. Basta realizar uma busca na rede para encontrar mais exemplos do ódio despertado pelas criaturinhas. Separamos alguns abaixo. As imagens são fortes (para os fãs de Minions, claro).

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
BBC
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Reuters
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Cinema
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
EFE
EFE
do UOL
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
Topo