Filmes e séries

Homenageando Zé do Caixão e Hector Babenco, festival de cinema chega a SP

Divulgação
Zé do Caixão em "A Encarnação do Demônio", de 2008. O cineasta estará representado no Festival de Cinema Latinoamericano em "As Fábulas Negras", filme que reúne grandes diretores do terror nacional. Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

De 30 de julho a 5 de agosto acontece em São Paulo o Festival de Cinema Latino-Americano. A programação da sua 10ª edição conta com alguns destaques da produção mais recente feita na região, incluindo vários títulos inéditos no Brasil.

Entre eles estão as pré-estreias nacionais  de "Ato, Atalho e Vento”, de Marcelo Masagão; “Sermão dos Peixes”, novo filme de Cristiano Burlan; "Trago Comigo" de Tata Amaral;  e “As Fábulas Negras”, que marca o encontro de quatro dos nomes mais importantes do terror brasileiro: Rodrigo Aragão, Petter Baiestorf, Joel Caetano e José Mojica Marins, o Zé do Caixão.

A homenagem a Hector Babenco traz alguns de seus grandes sucessos, como “Lúcio Flávio, o Passageiro da Agonia”, que alcançou 5,4 milhões de espectadores; “Pixote, a Lei do Mais Fraco”; “O Beijo da Mulher-Aranha”, pelo qual William Hurt foi premiado com o Oscar de melhor ator; “Coração Iluminado”; “Carandiru”; e “O Passado”.

Já o cineasta pernambucano Lírio Ferreira terá exibidos seus cinco longas-metragens: “Baile Perfumado”, “Árido Movie”, “Cartola - Música para os Olhos“, “O Homem que Engarrafava Nuvens” e “Sangue Azul”, além de uma seleção de oito curtas, entre eles raridades do início de carreira e obras feitas para TV e museus.

"Medianeras" e documentários musicais

O festival também traz outras obras inéditas no Brasil como o “Mar”, coprodução Chile/Argentina selecionada para o Festival de Berlim e dirigida por Dominga Sotomayor;  “Videofilia (e Outras Síndromes Virais)”, a primeira produção peruana a vencer o Festival de Roterdã, filme de Joanna Lombardi"; "Ragazzi”, do cineasta argentino Raúl Perrone; e “As Insoladas”,  de Gustavo Taretto, que também dirigiu "Medianeras” e estará presente no evento.

A programação ainda conta com documentários musicais variados, como “Eu Sou Carlos Imperial”, de Renato Terra e Ricardo Calil (“Uma Noite em 67”), “Dominguinhos”, de Joaquim Castro, Eduardo Nazarian, Mariana Aydar e “My Name Is Now, Elza Soares”, de Elizabete Martins Campos.

No total, são aproximadamente 111 filmes, representando 17 países da América Latina e do Caribe. A programação, que tem entrada gratuita para todas as sessões, acontece em várias salas de cinema e centros culturais de São Paulo. Consulte a programação completa no site do evento.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
AFP
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
UOL Cinema - Imagens
do UOL
redetv
do UOL
EFE
Colunas - Flavio Ricco
UOL Cinema - Imagens
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
AFP
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
Cinema
redetv
redetv
redetv
redetv
Blog do Nilson Xavier
do UOL
Reuters
EFE
AFP
do UOL
Reuters
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
Da Redação
do UOL
do UOL
UOL Cinema - Imagens
do UOL
Colunas - Flavio Ricco
Roberto Sadovski
do UOL
do UOL
UOL Entretenimento
do UOL
do UOL
do UOL
do UOL
Topo