Cinema

"Getúlio" e "O Lobo Atrás da Porta" lideram indicações ao Oscar brasileiro

Do UOL, em São Paulo

A cinebiografia "Getúlio", de João Jardim, sobre os últimos dias de Getúlio Vargas, lidera as indciações a 14° Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2015, o Oscar brasileiro.

Ao todo, o filme de João Jardim foi lembrado 14 vezes, incluindo melhor filme, diretor, ator (duas vezes, com Tony Ramos e Alexandre Borges), atriz (Drica Moraes), ator coadjuvante (Adriano Garib), roteiro (George Moura) e fotografia (Walter Carvalho).

O longa é seguido pelo suspense "O Lobo Atrás da Porta", de Fernando Coimbra, com 12 indicações -- entre eles, a de melhor filme. Completam a disputa pelo principal prêmio do evento "Tim Maia", de Mauro Lima; "Praia do Futuro", de Karim Aïnouz; e "Hoje Eu Quero Voltar Sozinho", de Daniel Ribeiro, pré-indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro deste ano. 

Entre os dias 6 e 31 de agosto, a disputa nas categorias “Melhor longa-metragem ficção”, “Melhor longa-metragem documentário” e “Melhor longa-metragem estrangeiro”  estará aberta para o voto popular através do site da Academia.

Para quem não conseguiu assistir os indicados, ou quiser rever, os filmes serão exibidos a partir do dia 20 deste mês em cinco salas do Rio de Janeiro: Cine Odeon – Centro Cultural Luiz Severiano Ribeiro (inteira R$12,00 / meia R$6,00), Departamento de Cinema da UFF (R$1,00), além da Biblioteca Parque de Manguinhos, Biblioteca Parque Estadual – Av. Presidente Vargas e Unicine - Núcleo de Cinema Estácio de Sá, com sessões gratuitas.

A cerimônia acontece no dia 1° de setembro no Cine Odeon, no Rio de Janeiro, com transmissão ao vivo pelo Canal Brasil.

Homenagem
O cineasta Roberto Farias será o grande homenageado do Grande Prêmio este ano. Diretor de obras como "O assalto ao trem pagador", "Selva trágica" e "Roberto Carlos em Ritmo de Aventura", Roberto é referência entre os maiores diretores do Cinema Novo na década de 60.

Confira os principais indicados: 

MELHOR LONGA-METRAGEM DE FICÇÃO
“GETULIO” de João Jardim
“HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO” de Daniel Ribeiro
“O LOBO ATRAS DA PORTA” de Fernando Coimbra
“PRAIA DO FUTURO” de Karim Aïnouz
“TIM MAIA” de Mauro Lima

MELHOR LONGA-METRAGEM DOCUMENTÁRIO
“A FARRA DO CIRCO” de Roberto Berliner e Pedro Bronz
“BRINCANTE” de Walter Carvalho
“DOMINGUINHOS” de Eduardo Nazarian, Joaquim Castro e Mariana Aydar
“OLHO NU” de Joel Pizzini
“TIM LOPES – HISTÓRIA DE ARCANJO” de Guilherme Azevedo

MELHOR DIREÇÃO
- CAROLINA JABOR por “Boa sorte”
- FERNANDO COIMBRA por “O lobo atrás da porta”
- JOÃO JARDIM por “Getúlio”
- KARIM AÏNOUZ por “Praia do futuro”
- DANIEL RIBEIRO por “Hoje eu quero voltar sozinho”

MELHOR ATRIZ
- BIANCA COMPARATO, “Irmã Dulce”
- DEBORAH SECCO, “Boa sorte”
- DRICA MORAES, “Getúlio”
- FABIULA NASCIMENTO, “O lobo atrás da porta”
- LEANDRA LEAL, “O lobo atrás da porta”

MELHOR ATOR
ALEXANDRE BORGES, “Getúlio”
BABU SANTANA, “Tim Maia”
MATHEUS NACHTERGAELE, “Trinta”
MILHEM CORTAZ, “O lobo atrás da porta”
TONY RAMOS, “Getúlio”

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
ALICE BRAGA, “Os amigos”
FABÍULA NASCIMENTO, “Não pare na pista: a melhor história de Paulo Coelho”
GLORIA PIRES, “Irmã Dulce”
THALITA CARAUTA, “O lobo atrás da porta”
ZEZÉ POLESSA, “Irmã Dulce”

MELHOR ATOR COADJUVANTE
ADRIANO GARIB, “Getúlio”
ANTÔNIO FAGUNDES, “Alemão”
BABU SANTANA, “Julio sumiu”
CAUÃ REYMOND, “Tim Maia”
CAUÃ REYMOND, “Alemão”
JESUÍTA BARBOSA, “Praia do futuro”
JOSÉ WILKER, “Isolados”

MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA
ADRIANO GOLDMAN por “Trash – a esperança vem do lixo”
ALI OLCAY GÖZKAYA por “Praia do Futuro”
GUSTAVO HADBA por “Irmã Dulce”
LULA CARVALHO por “O lobo atrás da porta”
WALTER CARVALHO por “Getúlio”

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
CLAUDIO AMARAL PEIXOTO por “Tim Maia”
DANIEL FLAKSMAN por “Irmã Dulce”
DANIEL FLAKSMAN por “Trinta”
TIAGO MARQUES por “Getúlio”
TIAGO MARQUES por “O lobo atrás da porta”

MELHOR FIGURINO
CAMILA SOARES por “Praia do futuro”
CRIS KANGUSSU por “Irmã Dulce”
KIKA LOPES por “Trinta”
MARCELO PIES por “Getúlio”
REKA KOVES por “Tim Maia”

MELHOR MAQUIAGEM
ANDRÉ ANASTÁCIO por Alemão
AURI MOTA, DAVID MARTÍ, MONTSE RIBÉ E STEPHEN MURPHY por “O lobo atrás da porta”
AURI MOTA por “Irmã Dulce”
LUCILA ROBIROSA por “Tim Maia”
MARTÍN MACIAS TRUJILLO por “Boa sorte”
MARTÍN MACIAS TRUJILLO por “Getúlio”

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL
“O menino e o mundo”
“Irmã Dulce”
“Hoje eu quero voltar sozinho”
“O lobo atrás da porta”
“Getúlio”

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
“O menino no espelho”
“Boa sorte”
“Confissões de Adolescente”
“Tim Maia”
“Mão na luva”

MELHOR TRILHA SONORA
ANDRÉ MORAES por “Copa de elite”
BERNA CEPPAS E MAURO LIMA por “Tim Maia”
LINA CHAMIE por “Os amigos”
MARIANA AYDAR, EDUARDO NAZARIAN E DUANI MARTINS por “Dominguinhos”
ROBERTO BERLINER E PEDRO BRONZ por “A Farra do Circo”

MELHOR TRILHA SONORA ORIGINAL
ANDRÉ ABUJAMRA por “Trinta”
ANTONIO NÓBREGA por “Brincante”
ANTÔNIO PINTO por “Trash – a esperança vem do lixo”
FABIANO KRIEGER E LUCAS MARCIER por “Irmã Dulce”
FEDERICO JUSID por “Getúlio”

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 
Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Topo